Elias Auê/Sampaio Corrêa
Elias Auê/Sampaio Corrêa

Na estreia de técnico, Sampaio Corrêa perde para o Criciúma em casa

Time maranhense é derrotado pelo placar de 1 a 0, no Castelão

Estadão Conteúdo

04 Agosto 2018 | 23h21

O técnico Paulo Roberto Santos estreou com derrota no Sampaio Corrêa. Mesmo no Castelão, em São Luís, o time perdeu para o Criciúma por 1 a 0, no seu primeiro jogo pelo time maranhense na Série B do Campeonato Brasileiro. Vitor Feijão marcou o gol da vitória catarinense aos sete minutos do segundo tempo, tirando o clube da zona de rebaixamento nesta 19.ª rodada e afundando o rival entre as piores campanhas da competição.

+ Ferroviário perde para o Treze, mas fatura o título da Série D

+ Fortaleza vence Coritiba e fecha turno na liderança isolada da Série B

O Sampaio Corrêa completou nove jogos sem vitória, com sete derrotas e dois empates, mantendo o time maranhense com 16 pontos, na vice-lanterna, à frente apenas do Boa, que tem 14. Já o Criciúma sobe para 23 pontos, em 14.º lugar, e respira fora da zona de degola.

Com a posse de bola, o Sampaio Corrêa conseguiu criar as melhores oportunidades no primeiro tempo. Com apenas três minutos de bola rolando, Diego Silva recebeu de Bruninho na frente e arriscou de longe, botando Luiz para trabalhar. Depois, com 21, foi a vez de Matheuzinho receber em velocidade de Fernando Sobral e chutar rasteiro, para uma linda defesa do goleiro adversário, que jogou a bola pela linha de fundo.

Muito pressionados pelo resultado, os dois times se entregavam completamente no gramado. A marcação firme, principalmente no meio de campo, se tornou uma marca do primeiro tempo. Na reta final, aos 45, a marcação do Sampaio Corrêa cochilou e Alex Maranhão tomou do lateral Kaike pela esquerda. O meia arriscou um chute firme, para defesa de Busatto.

No segundo tempo, o Criciúma precisou de apenas sete minutos para abrir o placar em São Luís. Em um novo vacilo da marcação, Alex Maranhão recebeu com muita liberdade pela esquerda e ainda assim pegou mal na bola. Rasteira, ela cruzou toda a grande área e morreu nos pés de Vitor Feijão, que só escorou para o fundo das redes, praticamente frente a frente com o goleiro.

Se antes o Sampaio Corrêa já controlava a partida, agora, com a derrota parcial, o time cresceu ainda mais. O Criciúma se fechou na defesa e quase não passava do meio de campo, convidando o adversário para tentar furar o bloqueio. Só que o time da casa não tinha muita criatividade e apostava, basicamente, nas bolas alçadas para a grande área pelo alto. E não deu certo.

Na sexta-feira, o Sampaio Corrêa atravessa o país para enfrentar o Coritiba no estádio Couto Pereira, às 21h30. Em Santa Catarina, o Criciúma recebe o Atlético-GO no estádio Heriberto Hulse, às 16h30 do próximo sábado, pela 20.ª rodada da Série B.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA 0 X 1 CRICIÚMA

SAMPAIO CORRÊA - Busatto; Marcelo, Joécio, Maracás e Kaike; Diego Silva (Esquerdinha), William, Fernando Sobral e Matheuzinho; Bruninho (João Paulo) e Uilliam (Alison). Técnico: Paulo Roberto Santos.

CRICIÚMA - Luiz; Carlos Eduardo, Nino, Liel e Marlon; Jean Mangabeira, Marlon Freitas, Eduardo e Alex Maranhão (Wallacer); Vitor Feijão (Joanderson) e Nicolas (Ronaldo). Técnico: Mazola Júnior.

GOL - Vitor Feijão, aos sete minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Marcelo, Diego Silva e William (Sampaio Corrêa); Carlos Eduardo, Eduardo e Nicolas (Criciúma).

RENDA - R$ 20.045,00.

PÚBLICO - 2.474 pagantes (3.303 total).

LOCAL - Castelão, em São Luís (MA).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.