Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Na estreia de Valentim, Vasco encara Atlético-PR e tenta manter evolução

Duelo será às 19h30, na Arena da Baixada, em Curitiba, em duelo atrasado da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro

Estadão Conteúdo

29 Agosto 2018 | 06h32

O Vasco entra em campo para encarar o Atlético-PR nesta quarta-feira sob novo comando. O técnico Alberto Valentim foi apresentado na Terça e estreia pelo clube carioca às 19h30, na Arena da Baixada, em Curitiba, em duelo atrasado da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Campeão carioca com o Botafogo, Valentim assume o Vasco após uma rápida e conturbada passagem pelo Pyramids, do Egito. Ele chega para a vaga deixada por Jorginho, que falhou na tentativa de deixar o time cruzmaltino mais confiável, especialmente na defesa, exatamente a meta traçada pelo novo treinador.

"Depois da saída do Jorginho, o Vasco era um clube que me interessava. Possui uma qualidade muito grande. Vi um time organizado, procurando jogar. Com o tempo, vou colocando as coisas do meu jeito também", disse em sua apresentação. "Gosto muito de trabalhar a defesa. Precisamos corrigir muitas coisas, claro, e tenho certeza que iremos melhorar nossa fase defensiva."

Mas Valentim já terá uma equipe diferente da deixada por seu antecessor. Nas duas partidas em que foi comandado interinamente pelo auxiliar Valdir Bigode, o Vasco apresentou evolução - especialmente defensiva - e conseguiu bons resultados: 0 a 0 com o Atlético-MG, em Belo Horizonte, e 3 a 1 sobre a Chapecoense, em São Januário.

Um novo triunfo nesta quarta serviria para confirmar a evolução da equipe, mas também para fazer ascender o Vasco na tabela do Brasileirão. Se vencer o Atlético-PR, o time carioca chegará a 27 pontos, a seis do Atlético-MG, que fecha a zona de classificação para a Libertadores, mas ainda com um jogo a menos.

Valentim realizou apenas um treino com seus novos comandados, na véspera da partida, e por isso deve manter o time que vinha sendo escalado por Valdir. A única mudança certa é a saída de Maxi López. Destaque no triunfo sobre a Chapecoense, o argentino está suspenso e deverá dar lugar a seu compatriota Andrés Ríos.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.