Jason Cairnduff/Reuters
Jason Cairnduff/Reuters

Na Inglaterra, Rooney vira técnico interino do Derby County após demissão de Cocu

Atacante dirigirá o lanterna da segunda divisão inglesa no próximo jogo, enquanto o clube não encontra um substituto

Redação, Estadão Conteúdo

15 de novembro de 2020 | 14h26

Wayne Rooney vai acumular as funções de jogador e treinador do Derby County após a demissão do holandês Phillip Cocu. O atacante dirigirá o lanterna da segunda divisão inglesa no próximo jogo, enquanto o clube não encontra um substituto.

No próximo sábado, diante do Bristol City, o Derby County será comandado por Rooney, que tem contrato como jogador e integrante da comissão técnica, e por outros três auxiliares: Justin Walker, Shay Given e Liam Rosenior. O demitido Cocu ocupava o cargo de "manager".

Cocu ficou no Derby County por 16 meses e não conseguiu fazer o time render. São somente seis pontos em 11 rodadas e a lanterna da segunda divisão da Inglaterra. Ele saiu em comum acordo com a diretoria.

"O Derby County e o técnico Phillip Cocu se separaram por mútuo acordo com efeito imediato. O treinador adjunto, Chris van der Weerden, e o auxiliar da equipe principal, Twan Scheepers, também deixaram o clube por mútuo acordo", comunicou o clube inglês.

"Cocu foi nomeado técnico do Derby no verão de 2019 e dirigiu a equipe em 65 partidas em todas as competições. O clube gostaria de deixar registrado seu apreço pela maneira como Phillip e sua equipe se comportaram em situações extremamente desafiadoras durante sua gestão", completou.

Novo "treinador", Rooney fez um comunicado para mostrar sua tristeza com a saída do holandês. "Lamento que Phillip e sua equipe tenham deixado o clube e quero agradecê-lo pessoalmente por toda a sua ajuda e incentivo como parte de sua equipe técnica", afirmou o experiente jogador, de 35 anos.

"O mais importante agora é estabilizar o clube e começar a subir na classificação. Fui convidado para fazer parte da comissão técnica para ajudar na preparação da equipe para o jogo vital do próximo sábado contra o Bristol City", revelou. "Os treinadores e eu falaremos com os jogadores na segunda-feira", acresceu Rooney, que deve ficar na função apenas por uma partida.

Rooney chegou no Derby County no início deste ano, depois de deixar o DC United, dos Estados Unidos. O atacante é o maior artilheiro da história da seleção inglesa, com 53 gols em 119 jogos, e do Manchester United, pelo qual balançou as redes 253 vezes em 559 partidas entre 2004 e 2017, período em que foi pentacampeão inglês e também conquistou a Liga dos Campeões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.