Reprodução
Reprodução

Na Itália, jogador recebe primeiro cartão verde da história

A medida serve para premiar o fair play

O Estado de S.Paulo

10 Outubro 2016 | 13h12

Pela primeira vez na história, um cartão verde foi aplicado em partida de futebol profissional. O fato aconteceu na segunda divisão italiana com o atacante do Vicenza, Cristian Galano, durante o duelo contra o Virtus Entella, válido pela sétima rodada da competição. Na oportunidade, a arbitragem havia marcado escanteio, mas o jogador reconheceu que sua finalização foi para fora, sem desvio da defesa.

Diferentemente dos cartões amarelo e vermelho, o verde representa uma espécie de "prêmio" para os atletas que realizarem boas ações durante os jogos, contribuindo para o fair play. Ao fim da temporada os maiores benfeitores serão reconhecidos.

Para aplicar o cartão verde, entretanto, o árbitro não o mostra para o atleta, mas coloca na súmula do embate o 'bom' comportamento do jogador.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.