Divulgação
Divulgação

Na Itália, seleção alemã começa treinos para a Copa do Mundo

Equipe sofre com muitos problemas de lesão às vésperar do torneio mais importante de todos

Agência Estado

21 de maio de 2014 | 09h24

ST. LEONHARD - A seleção alemã começou nesta quarta-feira, em St. Leonhard, no norte da Itália, um período de 11 dias de treinos já visando a Copa do Mundo desse ano, no Brasil. Apesar da empolgação com a proximidade da principal competição do futebol mundial, o início dos trabalhos carregou a preocupação com o estado físico dos jogadores.

Alguns dos principais atletas da seleção, como o goleiro Manuel Neuer e o lateral e capitão Philipp Lahm apresentaram-se contundidos e só poderão começar a treinar nos próximos dias. Apesar de garantir que eles não preocupam para a Copa, o técnico Joachim Löw fica na expectativa, até porque já perdeu nomes importantes para a competição por lesão, como o volante Gündongan.

O histórico de lesões da seleção alemã nos últimos meses, aliás, faz Löw se preocupar com o estado físico com que seus jogadores chegarão à Copa. Além de Neuer e Lahm, atletas como o zagueiro Hummels e o volante Khedira sofreram contusões recentemente e ainda precisam de ritmo.

Khedira, aliás, só se apresentará na semana que vem, já que atua na decisão da Liga do Campeões pelo Real Madrid, contra o Atlético de Madrid, no sábado. A seleção, então, contará com os 27 nomes pré-convocados por Löw. No dia 2 de junho, ele terá que cortar quatro jogadores e definir os 23 que serão inscritos no Mundial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.