Na lanterna das Eliminatórias da Eurocopa, Grécia demite técnico uruguaio

Na lanterna do Grupo F das Eliminatórias da Eurocopa de 2016, com apenas dois pontos em seis partidas disputadas, a Grécia anunciou nesta terça-feira a demissão do técnico Sergio Markarian. A saída do treinador acabou sendo decretada após a segunda derrota para a modesta seleção de Ilhas Faroe, sendo a última delas ocorrida em 13 de junho, fora de casa.

Estadão Conteúdo

21 de julho de 2015 | 11h12

O comandante uruguaio de 70 anos de idade pediu desculpas pelos resultados ruins e renunciou ao cargo por meio de um comunicado nesta terça. Antes disso, em fevereiro, ele havia assumido o lugar de Claudio Ranieri. De lá para cá, Markarian dirigiu a equipe grega apenas em duas partidas do qualificatório europeu. Primeiro empatou por 0 a 0 com a Hungria, em Budapeste, e depois caiu diante de Ilhas Faroe.

Ranieri, por sua vez, foi demitido do cargo em novembro, também depois de uma derrota para Ilhas Faroe, por 1 a 0, em Atenas, pelas Eliminatórias da Eurocopa. A liderança do Grupo F do qualificatório hoje está nas mãos da Romênia, com 14 pontos, um à frente da vice-líder Irlanda do Norte.

Na próxima rodada das Eliminatórias, marcadas para 4 de setembro, a Grécia terá pela frente a Finlândia, em casa, ainda em busca da sua primeira vitória.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.