Na lanterna do Alemão, Borussia Dortmund vive 'calvário' na temporada

Na lanterna do Alemão, Borussia Dortmund vive 'calvário' na temporada

Antes candidata ao título e hoje na última posição do Nacional, equipe de Jurgen Klopp sofre com 'transtorno de personalidade'

O Estado de S. Paulo

01 de dezembro de 2014 | 11h44

Há algumas temporadas, o Borussia Dortmund era o único time a fazer frente ao Bayern de Munique na briga pelo título do Campeonato Alemão. A temporada tinha tudo para não ser diferente. Porém, a equipe do Signal Iduna Park passou a viver um calvário e, após 13 rodadas, ocupa nada menos do que a lanterna do campeonato nacional.

A derrota para o Eintracht Frankfurt por 2 a 0 domingo - com direito a lambança da defesa no momento do segundo gol - foi a oitava da equipe no torneio, que tem apenas três vitórias e dois empates. Caso o campeonato se encerrasse hoje, a equipe estaria rebaixada para a segunda divisão de forma automática, sem direito aos playoffs que são disputados ao final da temporada para decidir os integrantes da divisão de elite na Alemanha. Além do Dortmund, outras duas tradicionais equipes do país campeão do mundo formam a zona de rebaixamento: Hamburgo e Stuttgart.

Nas últimas quatro temporadas, a equipe do técnico Jurgen Klopp acumula dois títulos e dois vices do Campeonato Alemão. O time, no entanto, vem perdendo força após negociar seus principais atletas com o rival Bayern de Munique - a exemplo de Götze e Lewandowski. Para piorar a situação, Marco Reus e Mats Hummels, líderes da equipe, estão lesionados e não participaram da partida deste domingo.

Apesar de ocupar a lanterna da competição, o Dortmund está a apenas 12 pontos da zona de classificação para a Liga dos Campeões, o que configura um extremo equilíbrio no Campeonato Alemão. Além disso, a equipe vai bem na edição do mais importante torneio europeu e soma quatro vitórias e apenas uma derrota na fase de grupos. O título alemão, porém, já parece a anos-luz de distância: já são 22 pontos de diferença para o invicto Bayern de Munique.

Por causa da força do elenco, espera-se uma recuperação para que o Borussia Dortmund volte a brigar na parte de cima da tabela. As próximas rodadas serão decisivas para definir se a equipe lutará por uma vaga em competições europeias ou se realmente travará embate contra a degola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.