Rafael Ribeiro/Vasco
Rafael Ribeiro/Vasco

Na lanterna, Vasco busca primeira vitória na estreia de Luxemburgo

Sob novo comando, time cruzmaltino encara o Avaí para tentar primeira vitória em cinco rodadas

Redação, Estadão Conteúdo

19 de maio de 2019 | 16h28

Em busca da primeira vitória no Campeonato Brasileiro, o Vasco enfrenta o Avaí no domingo, as 19 horas, no estádio de São Januário, pela quinta rodada. A partida marcará a estreia do técnico Vanderlei Luxemburgo, de volta a trabalhar após um hiato de um ano e meio sem dirigir uma equipe. A última foi o Sport.

O treinador finalizou a preparação indicando que Andrey e Bruno César estão de volta à equipe titular. A outra mudança foi na posição de Yago Pikachu. Ele retorna para a lateral-direita. Luxemburgo ainda confirmou o Vasco com três atacantes. São eles: Rossi, Máxi López e Marrony.

"Futebol não tem muita ciência. Futebol é um só. Começamos a direcionar algumas coisas. Conversei com os jogadores para que eles saibam das responsabilidades que possuem a partir de agora. Estamos preparando o grupo não apenas para essa partida, pois temos toda uma competição para disputar. O Brasileiro não termina no domingo, ainda faltarão outras 33 rodadas. Será o primeiro jogo meu, mas o campeonato só termina em dezembro. Vamos trabalhar pensando no torneio como um todo", disse Luxemburgo.

O treinador ainda estipulou uma meta para o time vascaíno. "Coloquei uma meta, sim: vencer o Avaí no domingo. A primeira meta nossa é o jogo de domingo, que é uma decisão. Se não encararmos essa partida como uma decisão, complicou. Acabando o jogo de domingo, iremos começar a pensar numa outra decisão. O Brasileiro é um campeonato longo e às vezes você fica disperso, então você que incentivar e fazer os jogadores tratarem todas as partidas como uma decisão, identificando, claro, os adversários que você vai disputar os jogos mais decisivos ainda."

Na lanterna da competição, o Vasco soma apenas um ponto, conquistado no empate diante do Corinthians, na Arena da Amazônia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.