Na luta contra a queda, Bragantino vence o América-RN por 2 a 1

Jogando dentro de casa, time de Bragança Paulista sai do desespero e, com 36 pontos, sobe para a 14ª colocação na Série B

Estadão Conteúdo

18 de outubro de 2014 | 19h05

Depois de cinco jogos de jejum, com quatro derrotas e um empate, o Bragantino voltou a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. E foi uma vitória importante porque aconteceu em um confronto direto na luta contra o rebaixamento contra o América-RN, fazendo 2 a 1 sobre o time de Natal, na tarde deste sábado, no Estádio Nabi Abi Chedid, pela 30.ª rodada.

Com o resultado o Bragantino subiu duas posições na classificação e agora está em 14.ª com 36 pontos, mas pode cair uma até o final da rodada, já que o ABC, que tem 34, joga ainda neste sábado contra o Luverdense em Natal. O América permaneceu com 30 pontos e segue na zona do rebaixamento, na 17.ª colocação.

Neste sábado, aos quatro minutos, o time paulista fez um gol, que acabou sendo anulado. Sandro bateu falta e Geandro tocou de cabeça, mas o assistente José Javel Silveira, errou e marcou impedimento que não aconteceu prejudicando o Bragantino.

O time seguiu dominando a partida, mas o jogo ficou faltoso. O árbitro em 20 minutos já havia mostrado três cartões amarelos e aos 24 deu mais um para o mesmo jogador, Walber, que foi expulso, deixando o América com um jogador a menos. O primeiro gol saiu de pênalti. A pressão era grande, Lázaro meteu a mão na bola e o árbitro marcou pênalti. Sandro bateu e fez 1 a 0 para o Bragantino, aos 36 minutos.

Assim como no primeiro tempo, o Bragantino seguiu melhor na etapa final e ampliou aos 24 minutos. Luisinho fez jogada individual pela direita, foi à linha de fundo e cruzou rasteiro. Motta antecipou a defesa e fez o segundo gol da sua equipe.

O time potiguar sentiu o gol e a partir daí ficou vendo o Bragantino tocar bola e desperdiçar chances. Mas ainda assim o América conseguiu diminuir aos 38 minutos. Rodrigo Pimpão aproveitou desviou de cabeça de Rivaldo e no segundo pau, só empurrou para o fundo do gol. Porém, não foi suficiente para evitar a derrota do time potiguar.

O Bragantino volta a jogar na próxima terça-feira, às 19h30, diante do Sampaio Corrêa, no Estádio Castelão, em São Luís, pela 31ª rodada da Série B. O América-RN joga no mesmo dia e horário, contra o Vasco, na Arena das Dunas, em Natal.

FICHA TÉCNICA

BRAGANTINO 2 x 1 AMÉRICA-RN

BRAGANTINO - Matheus; Samuel Santos, Yago, Tobi e Magal; Geandro, Graxa (Magno Cruz), Esquerdinha (Marcos Paulo) e Sandro; Mota e Léo Jaime (Luisinho). Técnico: PC Gusmão.

AMÉRICA-RN - Andrey; Walber, Cleber, Lázaro e Wanderson;, Jean Cléber (Rivaldo), Judson, Neto e Jeferson (Paulinho); Rodrigo Pimpão e Isac (Andrezinho). Técnico: Roberto Fernandes

GOLS - Sandro, aos 36 minutos do primeiro tempo. Mota aos 24 minutos do segundo tempo e Rodrigo Pimpão aos 38 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Fabrício Neves Correa (RS).

CARTÕES AMARELOS - Léo Jaime, Tobi, Marcos Paulo, Matheus e Geandro (Bragantino); Walber e Andrezinho (América-RN)

CARTÃO VERMELHO - Walber (América-RN)

RENDA - R$ 23.150,00

PÚBLICO - 4.303 pagantes

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BAmérica-RNBragantino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.