John Raoux/AP
John Raoux/AP

Na reestreia de Verón pelo Estudiantes, Bahia perde em adeus à Florida Cup

Gol contra de Tinga sacramentou a derrota brasileira

Estadão Conteúdo

15 de janeiro de 2017 | 22h31

O Bahia foi derrotado por 1 a 0 pelo Estudiantes, da Argentina, na noite deste domingo, em Orlando, nos Estados Unidos, em sua despedida da Florida Cup, torneio amistoso de preparação para esta temporada. Assim, a equipe de Salvador fechou a competição sem nenhuma vitória, depois de ter estreado na última quinta-feira com um empate sem gols com o Wolfsburg, da Alemanha, que depois levou a melhor sobre os brasileiros na disputa por pênaltis.

O único gol da partida aconteceu aos 16 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento da direita de Damonte, Tinga tentou afastar o perigo, mas acabou cabeceando a bola para dentro do próprio gol, sem chances de defesa para o goleiro Jean.

O confronto deste domingo, realizado no Bright House Stadium, marcou a reestreia de Verón pelo Estudiantes, time que o revelou para o futebol. O veterano volante de 41 anos de idade, que resolveu retornar aos gramados neste ano após ter se aposentado em 2014, teve uma atuação discreta, apenas mostrando alguns lampejos do craque que foi ao longo de sua carreira, na qual defendeu a seleção argentina entre 1996 e 2010.

Após ter se aposentado, ele havia assumido anteriormente a presidência do Estudiantes, com o qual agora assinou um contrato de 18 meses. Ele já vinha treinando nos últimos meses para recuperar a forma física e o seu condicionamento, sendo que havia ficou fora da estreia da equipe de La Plata na Florida Cup, no domingo passado, contra o Bayer Leverkusen, da Alemanha. Na ocasião, os dois times empataram por 1 a 1 e o time alemão ganhou na disputa por pênaltis.

Em campo, Verón mostrou a velha habilidade nas bolas paradas, cobrando faltas e escanteios, mas foi sacado após o intervalo para a entrada de Ivãn Gomez. Pouco antes disso, chegou a sofrer uma falta dura de Renê Júnior aos 46 minutos do primeiro tempo.

Apesar de ter sido de caráter amistoso, o jogo deste domingo foi nervoso e cheio de lances duros, o que resultou na aplicação de sete cartões amarelos e um vermelho. A expulsão, por sua vez, aconteceu por causa de uma agressão.

Pouco depois de uma cobrança de escanteio do Estudiantes em que os jogadores se estranharam dentro da grande área, Toledo, da equipe argentina, deu um soco em Lucas Fonseca e acabou sendo excluído de campo pelo árbitro da partida, aos 39 minutos da etapa final. Mesmo com um homem a mais em campo, o time baiano não teve força para buscar o empate.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.