Lee Jae-Won / Reuters
Lee Jae-Won / Reuters

Na Rússia para a Copa, ex-jogador Kanu tem R$ 41 mil roubados

Quantia estava na mala do ex-atacante da seleção nigeriana durante voo

Estadão Conteúdo

04 Junho 2018 | 11h08

A polícia russa confirmou que o ex-atacante nigeriano Nwankwo Kanu teve US$ 11 mil (aproximadamente R$ 41 mil) roubados de sua bagagem na viagem para o país, onde vai acompanhar a Copa do Mundo.

+ Nigéria define convocados para a Copa do Mundo com Iwobi e Moses

+ Kane marca e Inglaterra vence Nigéria em penúltimo amistoso antes da Copa

A agência de notícias estatal russa Tass informou que Kanu voou de Londres para Moscou, depois seguindo para Kaliningrado, onde a seleção da Nigéria jogará contra a Croácia em sua estreia na Copa do Mundo, em 16 de junho. Quando ele chegou, então, não encontrou o seu dinheiro na bagagem.

Porta-voz da polícia, Irina Volk disse que dois carregadores de mala no Aeroporto Internacional Sheremetyevo, em Moscou, foram detidos por suspeita de roubo. "Os carregadores que retiraram a bagagem do voo Londres - Moscou cometeram o roubo do dinheiro da bagagem do passageiro", afirmou.

Embora o roubo tenha ocorrido antes do embarque de Kanu para Kaliningrado, ele só percebeu que não estava com o dinheiro quando chegou ao hotel onde se hospedará. "O dinheiro roubado foi recuperado e logo será devolvido ao dono", acrescentou.

Hoje com 41 anos, Kanu liderou a seleção nigeriana na conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 1996 e também fez parte do grupo que disputou as edições de 1998, 2002 e 2010 da Copa do Mundo. Além disso, passou por diversos clubes no futebol europeu, como Ajax, Inter de Milão, Arsenal e Portsmouth.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.