Sergei Ilnitsky/Efe
Sergei Ilnitsky/Efe

Na Rússia, Sevilla segura empate por 1 a 1 com CSKA

Mesmo sem Luis Fabiano, time espanhol consegue bom resultado e agora jogo por um empate na Liga

AE, Agencia Estado

24 de fevereiro de 2010 | 16h50

O Sevilla conseguiu grande resultado nesta quarta-feira. Jogando fora de casa contra o CSKA Moscou, a equipe espanhola conseguiu segurar o empate por 1 a 1 e ficou mais próxima de uma vaga nas quartas de final na Liga dos Campeões.

 

Veja também:

tabela LIGA DOS CAMPEÕES - Resultados e calendário

forum BLOG DA LIGA - Tudo sobre os confrontos

No confronto de volta das oitavas de final, o Sevilla garante a classificação mesmo com um 0 a 0. Já o CSKA precisa vencer fora de casa ou empatar por placar superior a 1 a 1. Se o resultado se repetir, a vaga será decidida na prorrogação.

Sem contar com o atacante brasileiro Luis Fabiano, que sentiu dores no tórax após a vitória de sábado sobre o Mallorca, o Sevilla começou sendo pressionado. O CSKA mantinha o controle do jogo e chegou a criar boas chances, a primeira delas aos 13 minutos, em chute de fora da área de Honda que quase acertou o ângulo.

Mas quando o adversário era melhor, o Sevilla abriu o placar aos 25. Navas avançou pela direita, cruzou e a bola passou pelo goleiro Akinfeev, sobrando sozinha para Negredo completar às redes.

A pressão do CSKA ficou ainda maior após o gol. Honda quase empatou sete minutos depois em novo chute da entrada da área. Novamente o meia teve boa chance aos três da etapa final, após cruzamento de Krasic, mas cabeceou para fora.

A forte pressão finalmente surtiu efeito aos 21, quando Mark González acertou bonito chute e empatou o confronto. A equipe russa ainda teve grande chance de virar aos 39. Mas depois de Necid fintar um zagueiro e sair na cara do gol, o goleiro Palop salvou e garantiu o grande resultado ao Sevilla.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLiga dos CampeõesCSKASevilla

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.