Na Série B, Paulista vence Brasiliense

O Paulista finalmente voltou a vencer no Estádio Jaime Cintra pelo Campeonato Brasileiro da Série B. Com muita determinação e sorte derrotou o Brasiliense, por 3 a 2, neste sábado à tarde, em Jundiaí, num jogo repleto de alternativas. A vitória deixou o Paulista com 19 pontos na briga pela ponta, enquanto o time de Brasília permaneceu com 17. O time do interior paulista chegou a abrir 2 a 0 de vantagem com dois gols de Izaías aos dois e aos nove minutos. Iranildo diminuiu aos 46 minutos, cobrando falta. No intervalo, o técnico estreante, Vágner Benazzi, acertou o posicionamento do seu time que voltou mais arrojado no segundo tempo. O empate saiu aos 18 minutos após bate-rebate dentro da grande área. O jogo mudou a partir dos 27 minutos quando Evandro foi expulso, deixando o Brasiliense com desvantagem em campo. A partir daí o Paulista buscou o gol da vitória que saiu somente aos 39 minutos com Canindé. Outros jogos - O vice-lanterna Gama sofreu outra derrota, desta vez para o Remo, por 3 a 1. O jogo foi realizado no Serra Dourada, porque o time de Brasília perdeu dois mandos. A vitória deixou o Remo com 21 pontos, por enquanto, na liderança ao lado do Botafogo-RJ. O Gama continua com 10 pontos. O time visitante abriu 2 a 0 com dois gols de Cristiano aos 11 minutos do primeiro tempo e aos 26 da etapa final. O Gama diminuiu com Lindomar, cobrando pênalti, aos 37, mas Valdomiro fechou o placar aos 39. No Estádio Independência, em Belo Horizonte, o América empatou com o Londrina, por 2 a 2, e deve agradecer a sorte porque igualou o placar aos 42 minutos do segundo tempo, com Rodrigo. Aos 30 minutos do primeiro tempo Marcelo Silva abriu o placar para o time do Paraná, mas Fred empatou aos 34. Ainda no primeiro tempo, aos 42 minutos, Luis Carlos Goiano, marcou contra suas próprias redes: 2 a 1, Londrina. No final aconteceu o empate que deixou o América com 14 pontos. O Londrina tem 19.

Agencia Estado,

12 de julho de 2003 | 19h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.