Na tarde de 1948, Leônidas fez história

Dia 13 de novembro de 1948. Os torcedores que estiveram naquela tarde no estádio do Pacaembu para assistir à partida entre São Paulo e Juventus viram um momento histórico do futebol. Leônidas da Silva, de costas para o gol, levantou as pernas para o ar e, no salto acrobático, chutou uma bola certeira no gol de Muniz, que nada pôde fazer a não ser, dali para frente, carregar a honra de ter levado o primeiro ?gol de bicicleta? do jogador. ?Fiz a jogada só pensando em aproveitar uma bola quase perdida?, justificou o craque ao explicar o lance, anos depois.Ninguém contestou que o lance no Pacaembu foi antológico, mas até hoje existe a polêmica sobre a invenção da jogada. Alguns dizem que foi o espanhol Ramon Unzaga quem fez o primeiro gol de bicicleta em 1914 e o batizou de ?chilena?. Outros alegam que a jogada foi criada por Petronilho de Brito nos anos 20. Leônidas deu a palavra final sobre o assunto. ?Nunca pleiteei essa honra?, disse em certa ocasião. ?Se não inventei, difundi.?Outra curiosidade sobre Leônidas foi o fato de que não ganhou um centavo com a exploração de seu apelido, Diamante Negro, em uma marca de chocolate, que existe até hoje.

Agencia Estado,

24 de janeiro de 2004 | 20h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.