Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Na torcida por permanência, Levir rejeita 'loucura' para Santos manter Lucas Lima

Treinador diz não saber nada sobre negociações, mas que pode-se esperar qualquer coisa no futebol brasileiro

Estadão Conteúdo

22 de junho de 2017 | 11h42

Tendo contrato apenas até o final do ano, Lucas Lima está com o futuro incerto no Santos, que vê o nome do seu meia ser especulado em clubes do futebol europeu, como o Barcelona. A diretoria tem interesse na permanência do camisa 10, mas o técnico Levir Culpi defendeu que o clube não deveria fazer uma "loucura" para assegurar a permanência do jogador. Mas ele espera, claro, que o Santos tenha êxito nas negociações.

"Todo mundo quer o Lucas Lima, o cara joga muito, também gostaria de contar com ele. Se o Lucas for negociado vou lamentar o quê? Eu prefiro, por exemplo, se for uma questão financeira, ter o grupo todo bem financeiramente do que só um jogador ganhando muito, prefiro dessa maneira. Que seja bom para os dois lados", afirmou.

Levir evitou fazer comentários mais firmes sobre a situação de Lucas Lima, pois garantiu não ter conhecimento dos detalhes da negociação para permanência do meia, que pode assinar um contrato com qualquer outro time a partir de julho e sair gratuitamente ao término do vínculo. Ao mesmo tempo, porém, tentou adotar um discurso otimista sobre uma possível saída, avaliando que o time pode até ficar melhor sem o jogador, mesmo que ele seja visto como uma das referências do elenco.

"Estou desinformado, sinceramente. Para mim não chegou que o atleta está sendo negociado, mas nós, que estamos no futebol brasileiro, esperamos qualquer coisa, nada mais me surpreende. Quando temos um caso desses, falo para a diretoria que pode ser a oportunidade para outro. Pode melhorar, por que não? Contar com um jogador da qualidade do Lucas todos gostariam. Nós contamos com ele, mas não sei o que acontece, nem posso falar muito", disse.

Mesmo sem contar com Lucas Lima, que não viajou a Salvador por estar febril e gripado, o Santos conseguiu superar o Vitória por 2 a 0, na noite de quarta-feira, com dois gols do colombiano Copete. E Levir optou por escalar Vitor Bueno na vaga do titular.

Agora o treinador vai aguardar a evolução de Lucas Lima para saber se poderá contar com Lucas Lima no duelo do próximo sábado, com o Sport, pela décima rodada do Brasileirão. O time está em terceiro lugar na classificação com 16 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.