Andre Penner/AP
Andre Penner/AP

Na torcida, Ronaldo diz que Adriano terá de dar resposta em campo

Atacante ficou quase dois anos sem jogar e só recentemente voltou aos gramados pelo Atlético-PR

Paulo Favero, Agência Estado

21 de fevereiro de 2014 | 17h12

FLORIANÓPOLIS - Um dos maiores centroavantes do Brasil nas últimas Copas, Ronaldo está otimista em relação à seleção brasileira e torce pela recuperação de seu amigo Adriano, mesmo que o jogador não seja convocado para o torneio. Apesar de muito talentoso, Adriano ficou quase dois anos sem jogar e só recentemente voltou aos gramados pelo Atlético-PR.

"É uma questão de vida para o Adriano, não é só esportiva. Ele não atua faz tempo e quase todo mundo torce por ele. Mas é dentro de campo que terá de dar uma resposta", diz.

Luiz Felipe Scolari, quando perguntado sobre a possibilidade de convocação do Imperador, foi um pouco irônico na resposta, dizendo que está de olho em todo tipo de jogador, até em que fica "dois, três, quatro ou cinco anos parado".

Na realidade, os dois sabem que o tempo é curto para que Adriano atinja um alto nível e seja chamado para a Copa. "Não tem muita novidade sobre os centroavantes, acho que são os mesmos que já vêm sendo chamados. Tem o Fred, o Jô, o Leandro Damião, mas talvez possa aparecer alguns outros, pois o Brasil é cheio de talentos", continua Ronaldo.

Ele garante que vê a seleção brasileira no caminho certo e está otimista em relação à participação da equipe no torneio. "Estou muito otimista com a seleção. Na última competição ela já deu uma demonstração de que é favorita a vencer, como sempre foi. Com tempo para treinar, o Felipão vai ajustar ainda mais a equipe", conclui o Fenômeno, lembrando o título da Copa das Confederações no ano passado.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRonaldoAdriano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.