Michel Euler/AP
Michel Euler/AP

Na volta de Neymar, PSG bate Lille com gols de argentinos pelo Francês

Icardi e Di María marcam e amplia vantagem da liderança; brasileiro deixou o campo aos 21 minutos do segundo tempo

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de novembro de 2019 | 19h01

Contando com o retorno de Neymar, o Paris Saint-Germain derrotou o Lille por 2 a 0 nesta sexta-feira, na abertura da 14ª rodada do Campeonato Francês. O brasileiro não balançou as redes no Parque dos Príncipes, mas iniciou a jogada do segundo gol, que assegurou o triunfo e o aumento da vantagem da equipe parisiense na liderança da tabela. 

O time de Neymar chegou aos 33 pontos, cada vez mais disparado na primeira colocação. O vice-líder é o Olympique de Marselha, que enfrentará o Toulouse no domingo, fora de casa. Já o Lille figura na sétima colocação, com 19.

O jogo desta sexta marcou o retorno de Neymar, afastado dos gramados desde o dia 14 de outubro. Naquele dia, ele sofreu lesão de grau dois na coxa esquerda durante amistoso da seleção brasileira contra a Nigéria, em Cingapura.

O atacante brasileiro começou como titular, enquanto Mbappé e Cavani iniciaram no banco de reservas e só entraram em campo no segundo tempo. O primeiro foi justamente o substituto de Neymar aos 17 da segunda etapa.

Antes de deixar o gramado, entre aplausos e vaias, o brasileiro iniciou contra-ataque que gerou o segundo gol dos anfitriões. No lance, aos 31 minutos de jogo, sofreu falta, mas o árbitro deu vantagem. A bola sobrou para Draxler, que acionou Di Maria. O argentino invadiu a área pela direita e bateu de canhota, com categoria, na saída do goleiro.

Antes disso, aos 17, Mauro Icardi já havia aberto o placar. Bem posicionado dentro da área, ele escorou cruzamento da direita de Idrissa Gueye.

 

No segundo tempo, já com o placar praticamente definido, o PSG soube administrar a vantagem. O Lille esboçou fraca resistência e só levou perigo em jogada individual de Remy, que desperdiçou grande chance na marca do pênalti. Em outro lance, nos minutos finais, o mesmo jogador perdeu outra oportunidade ao ficar em posição de impedimento em lançamento de longa distância.

Com Neymar liberado para jogar, o PSG volta a campo na terça-feira para enfrentar o Real Madrid, pela fase de grupos da Liga dos Campeões. O jogo será no estádio Santiago Bernabéu na capital espanhola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.