Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Na volta do Corinthians ao trabalho, Éderson faz primeiro treino no clube

Volante contratado na semana passada tem primeiro contato com o elenco e aguarda liberação para estrear

Redação, Estadão Conteúdo

24 de fevereiro de 2020 | 15h38

Dois dias após a derrota por 2 a 1 para o Água Santa, em Diadema, o Corinthians voltou ao trabalho na manhã desta segunda-feira, no CT Joaquim Grava. A novidade foi a presença do volante Éderson, contratado na semana passada, que realizou a sua primeira atividade como jogador corintiano.

Apenas o aquecimento foi feito sob os olhares dos jornalistas nesta segunda - depois disso, o técnico Tiago Nunes fechou o treino. Nos poucos minutos abertos à imprensa, porém, foi possível ver Éderson junto com seus novos companheiros. É pouco provável, porém, que o jogador de 20 anos esteja em condições de estrear nesta quarta-feira, quando o Corinthians vai enfrentar o Santo André, em Itaquera.

O nome de Éderson ainda não foi publicado no BID (Boletim Informático Diário) da CBF, condição indispensável para que ele possa estrear pelo Corinthians. É possível que isso ocorra na quarta-feira, horas antes da partida, mas a chance é pequena. Assim, é mais provável que o volante jogue pela primeira vez pelo clube no dia 7 de março, contra o Novorizontino, em Novo Horizonte, pela nona rodada do Campeonato Paulista.

Quando estiver pronto para jogar, Éderson deverá disputar posição com Camacho, atualmente titular ao lado do colombiano Cantillo. Camacho, aliás, não vai poder enfrentar o Santo André, já que foi expulso contra o Água Santa. O principal candidato a substituí-lo é Gabriel.

Outro que não vai jogar na Arena Corinthians é Cássio. O goleiro levou o terceiro cartão amarelo no sábado e será substituído por Walter.

Sem vencer no Paulista há três rodadas, o Corinthians necessita bater o Santo André para assumir a liderança do Grupo D da competição, mas não só isso. O time ainda não embalou sob o comando de Tiago Nunes e precisa começar a ganhar para acalmar os ânimos da torcida. Nesta segunda, o presidente Andrés Sanchez esteve no CT Joaquim Grava para falar com o treinador, mas o teor da conversa não foi revelado.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.