Lucas Merçon/Fluminense
Lucas Merçon/Fluminense

Na volta do futebol ao Maracanã, Fluminense busca embalo contra o Nova Iguaçu

Após golear o Macaé, Roger Machado deve repetir o mesmo time com ataque composto por Kayky, Luiz Henrique e Fred

Redação, Estadão Conteúdo

11 de abril de 2021 | 08h33

Depois de altos e baixos no Campeonato Carioca, o Fluminense goleou o lanterna Macaé na rodada passada e entrou no G-4, finalmente voltando ao grupo que vai à semifinal. Disputando ponto a ponto com o Botafogo a quarta vaga, ganhar do Nova Iguaçu, no retorno do futebol carioca ao estado do Rio de Janeiro, significa chegar ao confronto direto em vantagem. O jogo deste domingo será às 18 horas, no Maracanã.

Satisfeito com o apresentação do time na goleada por 4 a 0 sobre o Macaé, o técnico Roger Machado vai repetir a escalação, com Kayky no ataque ao lado de Luiz Henrique e do artilheiro Fred.

Lucca caiu muito de rendimento e agora terá de provar que ainda pode render com a camisa do clube. Na reserva, tem a concorrência de John Kennedy e Michel Araújo e ainda vê os dirigentes no mercado atrás de jogadores ofensivos.

O Fluminense busca embalo no Carioca após ver a classificação à semifinal da Taça Guanabara ameaçada. Chegou a cair para o sexto lugar, mas subiu com a boa vitória da rodada passada. Agora, a meta é ganhar a segunda seguida para se efetivar no G4 antes do clássico com o Botafogo, seu maior adversário pelas semifinais.

Depois de cair num grupo forte na Libertadores, com o River Plate, Independiente Santa Fé e o ganhador de Bolívar e Júnior Barranquilla pela frente, a ideia é usar os jogos do Carioca para aprimorar ainda mais o entrosamento dos titulares.

O Fluminense está com 13 pontos no Estadual e necessita de mais sete para não correr riscos. Ganhar do Nova Iguaçu no Maracanã significa poder chegar ao duelo com o Botafogo com a possibilidade do empate.

Com metas menos ambiciosas no Estadual, o Nova Iguaçu busca reabilitação após derrota diante do Volta Redonda, para seguir entre os oito melhores que vão se garantir na Taça Rio, o segundo turno do Carioca.

O técnico Carlos Vítor aposta no trio ofensivo formado por Yan, Canela e Raphael Carioca para "imitar" a Portuguesa-RJ e surpreender o Fluminense no Maracanã. Pela segunda rodada, a equipe de Duque de Caxias fez 3 a 0. Mas o time tricolor jogada com seus reservas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.