Site oficial do Flamengo
Site oficial do Flamengo

Na volta do Maracanã, Flamengo estreia contra o San Lorenzo após cair em final

Palco da partida válida pela Libertadores será utilizado pela primeira vez no ano

Estadão Conteúdo

08 de março de 2017 | 07h18

Três dias depois de cair nos pênaltis diante do Fluminense na final da Taça Guanabara, no Engenhão, que no tempo normal foi palco de um eletrizante empate por 3 a 3, o Flamengo volta a campo nesta quarta-feira para a sua estreia na Copa Libertadores, às 21h45, contra o San Lorenzo, da Argentina. O jogo marca o reencontro do time rubro-negro com o Maracanã, que será utilizado pela primeira vez no ano em uma partida oficial.

Abandonado nos dois primeiros meses do ano por causa do "jogo de empurra" que envolve a responsabilidade pela administração do estádio e motivo de uma série de decisões judiciais recentes, o Maracanã estará lotado. No começo da tarde desta terça, o clube carioca informou que só restavam 2.100 ingressos para o setor Oeste Inferior do grande palco do futebol brasileiro para este confronto continental.

Em todos os outros setores os ingressos já haviam se esgotados, incluindo o Maracanã Mais, uma espécie de área VIP do estádio. Mais de 44 mil ingressos já haviam sido vendidos pela internet antes mesmo de o Flamengo começar a comercializar as entradas em postos de venda físicos, na segunda-feira. A carga total colocada à venda foi de 68.500 bilhetes.

Antes de abrir campanha na Libertadores, o técnico Zé Ricardo fechou o treino de reconhecimento do Maracanã nesta terça e depois, em entrevista coletiva, não confirmou a escalação da equipe para o confronto. Entretanto, o treinador avisou que "não deve fazer grandes mudanças" em relação ao time que enfrentou o Fluminense no último domingo.

"O que aconteceu na última partida ficou para trás. Os atletas são experientes. Nesses dois dias que passaram, eles perceberam que podemos melhorar para buscar uma grande atuação e a vitória", projetou o comandante, confiante de que o time não apresentará as mesmas falhas defensivas vistas no primeiro tempo do duelo com o Flu, que terminou com vitória por 3 a 2 para o rival.

"Dificilmente teremos um primeiro tempo tão estranho como tivemos domingo. Uma coisa que marcava a equipe era um equilíbrio defensivo. Conversamos bastante, eles são inteligentes. Sem dúvida, o San Lorenzo acompanhou o jogo domingo", disse o treinador.

Já ao falar sobre o gramado do Maracanã, o técnico admitiu que o mesmo "não está 100%" depois de ficar abandonado até pouco tempo atrás. Entretanto, viu o campo em condições de jogo e destacou esperar que o mesmo "não decida a qualidade ou não da partida".

No San Lorenzo, a principal dúvida do técnico Diego Aguirre é o meia Ezequiel Cerutti, que sofreu uma lesão muscular na perna direita. Entretanto, o jogador já treina desde o último final de semana e deve ser confirmado na equipe titular neste confronto válido pela primeira rodada do Grupo 4 da Libertadores.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoLibertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.