Na volta para casa, Barueri vence o Bragantino por 3 a 2

O Barueri voltou com tudo para sua casa. Nesta sexta-feira, na Arena Barueri, venceu, de virada, o Bragantino por 3 a 2. Mesmo jogando mal no primeiro tempo, melhorou no segundo e conseguiu a recuperação na segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, já que na estreia tinha perdido para o Goiás por 1 a 0, em Goiânia.

AE, Agência Estado

27 de maio de 2011 | 23h11

A última partida do Barueri, em casa, foi em 2009, quando bateu o Atlético Paranaense por 3 a 0, com todos os gols do centroavante Val Baiano. Um ano após ficar em Presidente Prudente, o time voltou para a sua cidade de origem. Fica assim em nono lugar, com três pontos. Por sua vez, o Bragantino segue sem vencer. Como empatou na primeira rodada com o ABC por 1 a 1, em casa, segue com um ponto, próximo à zona de rebaixamento - está em 16.º.

O Bragantino começou o jogo bem postado em campo, ficando com a posse de bola e apostando nos contra-ataques. E foi assim que, aos 20 minutos, após um belo lançamento de Paulo Roberto, o lateral-esquerdo Bruno Iotti bateu cruzado, na saída de para João Paulo, que ficou vendido no lance.

Sem oferecer perigo algum ao rival, o Barueri não estava bem em campo. Tanto que ao final do primeiro tempo o técnico Sérgio Soares já chamou dois jogadores para conversar, pensando em mudar o time. Já o Bragantino, que não tinha nada com isto, era forte no sistema defensivo e eficiente nos rápidos ataques. Aos 44 minutos, Juninho Quixadá arriscou de fora da área. Melhor para João Paulo, que fez uma boa defesa e salvou o time da casa de levar o segundo gol.

O Barueri voltou com duas modificações para a segunda etapa. Willian e Bebeto entraram nas vagas de Anselmo e Danilo Sacramento. As alterações mudaram o jogo. Logo aos nove minutos, após cobrança de escanteio, Alex Lima empatou a partida. Aos 23, Alex Maranhão cobrou falta no travessão de Gilvan. No minuto seguinte, após lançamento de Willian Henrique, Pedrão foi até a linha de fundo e cruzou para Eraldo tocar para o gol.

Não satisfeito, o Barueri marcou o terceiro gol. Pedrão fez linda jogada individual, aos 33 minutos, e bateu no ângulo do goleiro do Bragantino. Mas, dois minutos depois, Alex Lima fez falta dura e levou o cartão vermelho. Na cobrança, o zagueiro Júnior Lopes subiu mais que todo mundo e testou para o fundo das redes, diminuindo o placar. No final do jogo, o Bragantino quase empatou. Após cruzamento, Juninho Quixadá testou na trave de João Paulo.

O Bragantino volta aos gramados na próxima terça, às 21 horas, contra o São Caetano, em Bragança Paulista. No mesmo dia e horário, o Barueri viaja para Recife, onde enfrenta o Sport, na Ilha do Retiro.

Ficha técnica

Barueri 3 x 2 Bragantino

Barueri - João Paulo; Douglas, Alex Lima e Willian; Anselmo (Willian Henrique), Alê, Danilo, Alex Maranhão e Danilo Sacramento (Bebeto); Eraldo (Anderson Pedra) e Pedrão. Técnico: Sérgio Soares.

Bragantino - Gilvan; Junior Lopes, Carlinhos (Michel) e Felipe; Diego (Wellington), Eder, Mineiro, Paulo Roberto (Murilo) e Bruno Iotti; Juninho Quixadá e Bruno Gaúcho. Técnico: Marcelo Veiga.

Gols - Bruno Iotti, aos 20 minutos do primeiro tempo; Alex Lima, aos 9, Eraldo, aos 24, e Pedrão, aos 32 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Marcelo Aparecido de Souza (SP).

Cartões amarelos - Willian, Anselmo, Douglas e João Paulo (Barueri); Mineiro, Júnior Lopes e Eder (Bragantino).

Cartão vermelho - Alex Lima (Barueri).

Renda - Não disponível.

Público - 13.105 pagantes.

Local - Arena Barueri, em Barueri (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.