Luca Zennaro/EFE
Luca Zennaro/EFE

Na zona de degola do Italiano, Cagliari demite técnico e ex-atleta Zola

Nome do seu substituto ainda não foi definido pelo time italiano

Estadão Conteúdo

09 Março 2015 | 11h53

Na luta contra o rebaixamento no Campeonato Italiano, o Cagliari anunciou nesta segunda-feira a demissão do técnico Gianfranco Zola, que estava no cargo há menos de três meses. O nome do seu substituto ainda não foi definido.

"É uma decisão tomada com relutância a respeito de um grande homem que escreveu páginas inesquecíveis na história do Cagliari, dando eminência e prestígio internacional para a Sardenha", afirmou o Cagliari em um comunicado oficial.

Zola, de 48 anos, encerrou a sua carreira jogando pelo Cagliari em 2005. O ex-jogador substituiu Zdenek Zeman no final de dezembro, mas conseguiu apenas duas vitórias em 11 jogos pelo clube, com sete derrotas.

A últimas delas, por 2 a 0 para a Sampdoria, fora de casa, no último sábado, foi a terceira seguida do Cagliari. E o resultado deixou o time em 18º lugar e a quatro pontos do primeiro time fora da zona de rebaixamento.

A queda de Zola provoca a sexta mudança de treinador no Campeonato Italiano durante a temporada 2014/2015, sendo a segunda no Cagliari - as outras foram no Chievo, na Inter de Milão, no Cesena e na Atalanta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.