Matthew Childs / Reuters
Matthew Childs / Reuters

Na zona de rebaixamento, Southampton demite técnico Mark Hughes

Técnico assumiu a equipe em março de 2018, teve contrato renovado por três anos, mas já sai do clube inglês

Estadão Conteúdo

03 Dezembro 2018 | 12h58

Com dificuldades no Campeonato Inglês, o Southampton demitiu nesta segunda-feira o técnico Mark Hughes. A equipe cedeu o empate ao Manchester United por 2 a 2, no sábado, após estar liderando o placar por 2 a 0. E acabou se mantendo na zona de rebaixamento. O Southampton tem apenas uma vitória na competição.

A decisão da diretoria acabou com uma breve passagem de Hughes pelo comando da equipe. Ele havia sido contratado em março deste ano. Em seu retorno ao time que defendeu como jogador no fim dos anos 90, Hughes foi bem-sucedido ao manter a equipe na primeira divisão na temporada passada.

O bom rendimento fez o clube em maio ampliar o seu contrato por um período de três anos. Até então, seu vínculo se encerraria em junho. Mas as boas performances da equipe não se repetiram na nova temporada europeia. Em 14 jogos no Inglês até agora, o Southampton faturou apenas uma vitória, sobre o Crystal Palace, em setembro. O time é o 18º colocado, dentro da zona da degola.

Ainda sem um técnico novo, a equipe será comandada pelo auxiliar Kelvin Davis na quarta-feira, contra o Tottenham, em Wembley, na capital britânica. O clube não deu previsão para anunciar o nome do seu novo treinador.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.