Brenton Edwards / AFP
Brenton Edwards / AFP

Nadador australiano Stubblety-Cook, campeão olímpico, bate recorde mundial dos 200m peito

Disputando o campeonato nacional, Zac Stubblety-Cook realiza a prova em menos de 2min06s e desbanca nadador russo

Redação, Estadão Conteúdo

19 de maio de 2022 | 14h16

Medalha de ouro na Olimpíada de Tóquio, no ano passado, o nadador australiano Zac Stubblety-Cook bateu o recorde mundial dos 200 metros peito nesta quinta-feira, durante a disputa do campeonato nacional de natação. Ele se tornou o primeiro do mundo a completar a distância neste estilo em menos de 2min06s.

O atleta de 23 anos desbancou o russo Anton Chupkov, então recordista da prova, com 2min06s12 registrado no Mundial de Gwangju, na Coreia do Sul, em 2019.

"É um pouco surreal, para ser bem honesto. Não parece real", comentou o nadador australiano. "Provavelmente a ficha vai cair nos próximos dias. Eu estava apenas esperando nadar rápido, talvez se aproximar do meu melhor tempo, mas isso que aconteceu foi diferente", disse o atleta, ainda surpreso com a nova marca.

Stubblety-Cook já vinha ensaiado o recorde mundial nos últimos meses. Em Tóquio, ele bateu o recorde olímpico dos 200m peito, com 2min06s38, em julho do ano passado.

Os dois recordes em sequência transformam o australiano como favorito absoluto para a prova no Mundial de Budapeste, na Hungria, no próximo mês.

Tudo o que sabemos sobre:
natação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.