Miguel Medina/AFP
Miguel Medina/AFP

Nainggolan será reintegrado à Inter nesta semana após punição por indisciplina

Volante ficará de fora do duelo de sua equipe contra o Napoli na quarta-feira pelo Italiano

Redação, Estadao Conteudo

25 Dezembro 2018 | 19h33

Fora do clássico desta quarta-feira diante do Napoli, em Milão, por indisciplina, o volante Radja Nainggolan será reintegrado ao elenco da Internazionale nesta semana. O técnico Luciano Spalletti informou nesta terça, em entrevista coletiva, que o jogador belga estará à disposição novamente para jogos do time "depois de dois ou três dias" após ter recebido uma punição aplicada pela direção do clube.

No último domingo, sem dar maiores detalhes para justificar a punição, a Inter divulgou um comunicado no qual revelou que o meio-campista "está temporariamente suspenso de atividades competitivas por razões disciplinares".

A imprensa italiana noticiou que o motivo do afastamento são os constantes atrasos de Nainggolan aos treinos da equipe. No domingo, um dia depois do empate por 1 a 1 com o Chievo, o belga teria mais uma vez perdido o horário da atividade. Como este problema se tornou constante, a direção decidiu agir, conforme o próprio Spalletti deixou claro nesta terça-feira.

O comandante reconheceu que esta não foi uma decisão tomada por ele e deu a entender que a mesma partiu do chinês Steven Zhang, que assumiu a presidência da Inter no final de outubro. O treinador enfatizou que "as regras em um time são tão importantes quanto a bola" e que o atleta belga não está fora do clube, mas "apenas fora deste jogo" contra o Napoli.

"Às vezes tentamos achar um culpado, mas nós dependemos e nós somos o Inter de Zhang. E é o Inter de Zhang que tomou esta decisão: eu tenho que fazer cumprir as regras. Mas depois de 2 ou 3 dias Nainggolan vai voltar a fazer parte da equipe e estamos ansiosos para sua contribuição", esclareceu Spalletti, já se referindo ao fato de que deverá contar com o retorno do jogador no sábado, contra o Empoli, fora de casa, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Italiano.

O fato é, porém, que o belga se tornou um desfalque de peso para o importante duelo diante do vice-líder Napoli, que está oito pontos à frente da Inter, a atual terceira colocada da competição nacional. O jogo contra o time de Nápoles, marcado para começar às 17h30 (de Brasília) desta quarta-feira, fechará a 18ª e penúltima rodada do primeiro turno. Mais cedo, às 12h, a líder disparada Juventus terá pela frente a Atalanta, em Bérgamo, com a chance de abrir 11 pontos de vantagem sobre o Napoli.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.