Nando sente contusão e desfalca Santista

O artilheiro Nando (fez seis gols em sete jogos) será o desfalque da Portuguesa Santista, no domingo à tarde, contra o Corinthians, no Pacaembu. Na sexta-feira, o atacante parecia recuperado, mas, neste sábado, quando corria em volta do campo, voltou a sentir a contusão na panturrilha esquerda e foi vetado. Com a sua ausência, o técnico Nenê confirmou a escalação do time com três zagueiros - Chicão, Valdir e Diguinho - e apenas dois atacantes - João Fumaça e Marlon."Perdemos a referência dentro da área adversária, mas em compensação ganhamos quanto à velocidade", disse Nenê, após o rachão deste sábado, no estádio Ulrico Mursa. O técnico não esconde que o seu time vai jogar fechado, tentando explorar a instabilidade emocional dos jogadores corintianos para conseguir a classificação à segunda fase do Campeonato Paulista."Vamos em busca de classificação e não poderemos permitir que o Corinthians assuma o controle do jogo. E isso só será possível com marcação forte, dinâmica e velocidade", explicou o treinador da Santista.Na demorada conversa que teve com os 11 titulares após o treino deste sábado, Nenê procurou tirar a responsabilidade dos jogadores. "Temos muito a ganhar e quase nada a perder", avisou.Para surpreender a defesa adversária, o técnico orientou Marlon e João Fumaça para que saiam em velocidade nos contra-ataques, às costas dos laterais corintianos. "Lamento que tenham transformado o jogo numa autêntica guerra, convocando os torcedores para empurrar o time. Acredito que vai ser uma partida comum, porque o Corinthians não corre o risco de ser rebaixado. Por que o São Paulo iria perder do Juventus? Para ele é importante continuar invicto Paulista e ganhar mais confiança para as fases decisivas e para a Copa Libertadores. Além disso, Luís Fabiano está lutando para ser o artilheiro da competição", analisou Nenê.Sem nenhum dirigente por perto e com apenas seis torcedores nas sociais do estádio Ulrico Mursa, o último treino da Santista para enfrentar o Corinthians foi em clima de festa. Um dos jogadores mais animados era Marlon, que aposta que o seu time vai ser classificar. ?Acredito que o placar vai ser o mesmo do meu último jogo contra o Corinthians: 1 a 0. Foi no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro do ano passado, quando eu jogava pelo Coritiba." Embora reconheça que Nando "é um bom centroavante", Marlon acha que a sua ausência será compensada com muita movimentação dele e de João Fumaça. "Caio pelas pontas mas também sei fazer gol (marcou dois no Campeonato Paulista). Reinaldo, João Fumaça e Beto também finalizam bem", concluiu.João Fumaça acha que os últimos acontecimentos envolvendo jogadores do Corinthians e torcedores podem ajudar a Portuguesa Santista a conseguir a vitória e a classificação neste domingo. "Não gosto de ver a desgraça de ninguém e lamento o que eles (jogadores do Corinthians) estão passando, mas vamos tentar tirar proveito desses fatos negativos. É só tocar a bola que o nervosismo dele vai aumentar e a torcida vai ficar contra", orientou o atacante.

Agencia Estado,

13 de março de 2004 | 13h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.