'Não comemoro empate', diz Paulo Autuori no São Paulo

Técnico não sai satisfeito com o resultado diante do Corinthians no Pacaembu

Gonçalo Júnior, O Estado de S. Paulo

29 de julho de 2013 | 07h00

SÃO PAULO - O técnico Paulo Autuori conseguiu interromper a sequência de oito derrotas consecutivas, mas não chegou a comemorar o empate contra o Corinthians, na tarde deste domingo, no Pacaembu. "Conseguimos parar a tendência de queda, mas não admito comemorar o empate. Da mesma forma que não comemoro carrinhos para recuperar a bola. Isso é muito pouco. Precisamos comemorar as vitórias e os títulos", disse o treinador que, mesmo assim, reconheceu os benefícios do resultado para o ambiente. "O empate vai melhorar o ambiente e o dia a dia, mas depende de nós o que fazer com o dia seguinte", afirmou.

O goleiro Rogério Ceni ficou satisfeito com a leve evolução do time e confessou o alívio. "É um alívio ver que o time mostrou um pouco mais de consistência e um pouco de padrão tático", disse o goleiro, apesar de o time estar na zona do rebaixamento. "Depois da derrota para o Inter, nós sabíamos que viajaríamos na zona do rebaixamento. Mas temos condições de reverter essa situação".

O elenco do São Paulo viaja hoje para uma excursão à Europa e à Ásia. Nos dias 31 de julho e 1º de agosto, o time disputa a Copa Audi em Munique, na Alemanha, contra Bayern de Munique, Milan e Manchester City. No dia 3 de agosto, o clube enfrenta o Benfica pela Copa Eusébio, em Lisboa. O último confronto será no dia 7 de agosto, quando enfrentará o Kashima, em Tóquio, pela Copa Suruga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.