Érico Leonan/Divulgação
Érico Leonan/Divulgação

'Não estamos em um grande momento', admite Edgardo Bauza

Técnico argentino lamenta atuações ruins do São Paulo no ano

O Estado de S. Paulo

12 de abril de 2016 | 07h00

Na semana em que decide a permanência na Copa Libertadores e no Campeonato Paulista, o técnico do São Paulo, Edgardo Bauza, admite que o time não está em grande fase. Em entrevista nesta segunda-feira para uma rádio argentina, o treinador da equipe afirmou que tem notado evolução nas atuações, mas ainda longe de estar no nível ideal.

"São Paulo defensivamente está melhor, mas não estamos em um grande momento", comentou em entrevista para a rádio Aire Cuervo (AM 970). Na quarta-feira o São Paulo recebe no Morumbi o River Plate, pela Copa Libertadores, pressionado a ganhar para manter as chances de classificação. Já no fim de semana o time vai até Osasco, onde enfrenta o Audax em jogo único pelas quartas de final do Paulista.

O treinador afirmou na entrevista que em julho deve receber reforços no elenco e disse torcer para não enfrentar antigos clubes que dirigiu. "Se enfrento o San Lorenzo, quer dizer que pasamos de fase. Mas preferiria evitar esse encontro, assim como o Rosario Central também", admitiu o argentino, que começou a carreira como jogador do Rosario e foi campeão da Libertadores em 2014 pelo San Lorenzo.

Apesar do momento ruim do São Paulo, que no domingo perdeu para o São Bento por 1 a 0, o time do River Plate evita pensar que o confronto na quarta-feira será fácil. "O time deles é muito forte como mandante. Tem jogadores de talento. Um time como o São Paulo, mesmo que não tenha os resultados que esperava nos últimos jogos, sempre será um adversário complicado", disse em entrevista coletiva o zagueiro colombiano Eder Balanta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.