Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

'Não mediremos esforços pela Libertadores', diz patrocinadora do Palmeiras

Leila Pereira, proprietária da Crefisa, garante aporte maior que os R$ 70 milhões atuais

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

15 de dezembro de 2016 | 09h05

Leila Pereira, proprietária da Crefisa, principal patrocinadora do Palmeiras, promete investimentos para montar uma equipe forte capaz de conquistar a Copa Libertadores e o título mundial de clubes em 2017. 

"O que a torcida pode esperar é que não mediremos esforços para conquistarmos a Libertadores. Quero ver o Palmeiras campeão mundial. Não mediremos esforços para buscar o título mundial. Faremos esforço até maior, qualquer coisa para trazermos o Mundial", disse Leila à Rádio Globo na noite desta terça-feira. 

Em relação aos valores de investimento, a executiva, que também é candidata ao Conselho Deliberativo do clube, afirmou que eles não serão menores que os atuais na casa de R$ 70 milhões. "Somos parceiros do Maurício Galiotte (presidente eleito que tomará posse no dia 18). Acredito que menor do que estamos investindo hoje não será. Nossa proposta é de sempre ajudar o Palmeiras. Acredito que (o investimento) continue a mesma coisa ou daí para mais", afirmou. 

Um dos primeiros nomes da lista de reforços da patrocinadora é o do atacante argentino Lucas Pratto, atualmente no Atlético-MG. "Não tem nada conversado sobre contratações. A sugestão é sempre do departamento de futebol do Palmeiras. Ele é um nome que me agrada muito como torcedora", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasLibertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.