Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

'Não pensamos na vantagem de dois gols', diz Ricardo Oliveira

Santos enfrenta o Corinthians pela Copa do Brasil

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

25 de agosto de 2015 | 15h52

O atacante Ricardo Oliveira acredita que o Santos não pode considerar a vantagem obtida no primeiro jogo (vitória por 2 a 0 na Vila Belmiro) no jogo decisivo contra o Corinthians nesta quarta-feira, na Arena Corinthians, pela Copa do Brasil. Para o artilheiro do Campeonato Brasileiro, o Santos precisa se concentrar inicialmente em um grande jogo. 

"Não estamos com essa mentalidade (de vantagem). Estamos indo para fazer um grande jogo. Sabemos da dificuldade. Em momento algum estamos pensando na vantagem. Vamos para lá determinados em fazer um grade jogo e buscar uma vitória", afirmou o atacante em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, no CT Rei Pelé.

O atacante afirma que a estratégia de jogo ainda não está definida. O técnico Dorival Junior realiza um treino fechado na tarde desta terça-feira. "Acho que taticamente nós vamos criar alguma estratégia. Jogar lá é sempre muito difícil. Mas nós certamente vamos saber como encarar o Corinthians. Não existe nenhum segredo. Hoje ou a partir de amanhã, antes do jogo, vamos saber da forma que vamos jogar", afirma Ricardo. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.