Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

'Não podemos nos iludir', diz Ceni sobre vitória contra o Marília

Goleiro admite que duelo com o Palmeiras, na quarta, será diferente

GONÇALO JUNIOR, O Estado de S. Paulo

22 Março 2015 | 18h37

O goleiro Rogério Ceni avalia que os torcedores do São Paulo não podem se iludir com a vitória por 3 a 0 sobre o Marília, neste domingo, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista. Na próxima partida, a equipe vai enfrentar o Palmeiras na casa do adversário. "Jogamos bem no primeiro tempo, fizemos dois gols e poderíamos ter continuado no mesmo ritmo. No segundo tempo, o jogo caiu bastante, não soubemos acelerar. Fizemos a nossa obrigação em casa. Contra o Palmeiras é outro tipo de jogo, outro adversário. A gente não pode se iludir, eles jogam na casa deles", afirmou o capitão, que teve pouca participação na partida.

Rogério Ceni também mostrou preocupação com o retrospecto do São Paulo nos clássicos em 2015. No Paulistão, a equipe empatou com o Santos, na Vila Belmiro, e perdeu para o Corinthians dentro do Morumbi. Pela Copa Libertadores, outra derrota para o Corinthians na estreia, no estádio Itaquerão. "Que a gente consiga um resultado bom. Tivemos um empate com o Santos, uma derrota para o Corinthians", disse o goleiro.

O capitão são-paulino revelou que está sentindo dores no quadril por causa de uma bursite. Ele era dúvida para o jogo deste domingo, mas acabou participando da partida. "Estou fazendo tratamento para ver se melhora e as dores diminuem um pouco", disse Rogério Ceni.

Mais conteúdo sobre:
futebol São Paulo FC Rogério Ceni

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.