Paulo Pinto/AE
Paulo Pinto/AE

'Não podemos ser coadjuvantes', diz Carpegiani

Técnico exige uma vitória do São Paulo sobre o Fluminense neste domingo, no Morumbi

AE, Agência Estado

19 de novembro de 2010 | 15h27

Mesmo com poucas chances de brigar por uma vaga na Libertadores, o técnico Paulo César Carpegiani cobrou uma vitória dos seus jogadores sobre o vice-líder Fluminense, na Arena Barueri. Para o treinador, o São Paulo tem que surpreender os rivais e roubar a cena neste domingo.

Veja também:

linkRecuperado, Alex Silva reforça São Paulo contra o Flu

linkLucas Gaúcho quer aproveitar a chance no São Paulo

"Não podemos ser coadjuvantes. A gente tem de ser os artistas. O espírito tem de ser, no mínimo, igual. Vai ser um jogo muito difícil para os dois times. Eles têm a obrigação de ganhar e nós também", pregou Carpegiani, contrariando os pedidos da torcida, que espera ver o time "entregando" o jogo para prejudicar o rival Corinthians, outro candidato ao título.

O Fluminense soma 62 pontos na tabela, apenas um a menos que o líder do campeonato. Já o São Paulo tem 51, na nona colocação, distante da zona de classificação para a Copa Libertadores.

Em relação ao time, Carpegiani admitiu que ainda está em dúvida no meio-campo. O jovem Casemiro disputa vaga com o veterano Jorge Wagner. O São Paulo deverá entrar em campo com Rogério Ceni; Jean, Alex Silva, Miranda e Richarlyson; Casemiro (Jorge Wagner), Carlinhos Paraíba, Cleber Santana e Lucas; Lucas Gaúcho e Fernandão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.