Leonardo Moreira/Fortaleza
Leonardo Moreira/Fortaleza

'Não posso te dizer uma coisa que não aconteceu', diz Ceni sobre oferta

Treinador desconversa sobre proposta para comandar o Atlético-MG após conquistar o título estadual pelo Fortaleza

Redação, O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2019 | 20h12

Após conquistar o Campeonato Cearense, o técnico Rogério Ceni, do Fortaleza, desconversou sobre o interesse do Atlético-MG em contratá-lo para substituir Levir Culpi. O clube mineiro aguardava apenas o desfecho da decisão do Estadual para encaminhar uma oferta oficial ao treinador.  

"Sou treinador do Fortaleza. Estou trabalhando aqui. Fomos campeões. Não posso te dizer uma coisa que não aconteceu", afirmou Ceni após conquistar o título com mais uma vitória sobre o rival Ceará, desta vez por 1 a 0, no segundo jogo da decisão. 

"Fico muito contente que uma equipe grande do futebol brasileiro tenha interesse no meu trabalho. Mas primeiro que eu jamais abriria uma conversa sobre qualquer coisa  (antes de uma final). Meu foco no momento aqui é o Fortaleza. Não tem telefone, não tem nada", garantiu o treinador.

O presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, que ficou irritado com o assédio do Atlético-MG na semana da decisão, afirmou que conta com o treinador para o Campeonato Brasileiro. "Ele tem contrato conosco até o final do ano", afirmou o dirigente, que confirmou que existe multa para Rogério Ceni deixar o clube.

Se o campeão vive um momento de possível perda do treinador, o Ceará, que ficou com o vice, demitiu Lisca ainda nos vestiários da Arena Castelão. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.