'Não precisamos mostrar nada para ninguém', diz Valdivia

Meia chileno participa do terceiro gol do time alviverde

Fernando Faro, Agência Estado

15 de março de 2014 | 19h38

SÃO PAULO - Principal jogador do Palmeiras na vitória sobre a Ponte Preta por 3 a 2, neste sábado, no Pacaembu, Valdivia não gostou de ser perguntado se o difícil triunfo era prova da qualidade do elenco alviverde. O meia elogiou os companheiros na saída do campo e reclamou de sempre ter que falar sobre o assunto.

"Entendo a pergunta e sei que é profissional, mas parece que sempre temos que mostrar alguma coisa, parece que o Palmeiras é time pequeno. Não precisamos mostrar nada para ninguém, aqui é um clube grande, com jogadores de seleção. A vitória é para animar a torcida, mas não tem isso de mostrar alguma coisa, não temos que ficar provando a cada jogo nosso valor", reclamou.

Valdivia foi fundamental para o time, pois de seus pés saíram as principais jogadas de ataque, incluindo o lançamento para Vinícius que originou o terceiro gol. Apesar de ter se destacado individualmente na partida, o jogador preferiu dividir o mérito com os companheiros e ressaltou que não faz nada sozinho.

"Pra ganhar, conquistar grandes coisas, você tem que ter um elenco. Quando não tem, cai a responsabilidade em um jogador só, e é difícil contra onze. Agora a gente tem todos os jogadores, e eu espero que a gente possa alcançar os objetivos", completou o chileno.

Com a vitória, o Palmeiras chega aos 35 pontos e agora torce contra o Santos, que enfrenta o Rio Claro às 18h30 deste domingo, no Estádio Augusto Schmidt, fora de casa, para ficar perto de assegurar a melhor campanha da fase de grupos. Alviverdes e alvinegros se enfrentam na última rodada para definir quem terá a vantagem de definir a classificação nas próximas fases em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.