Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

'Não precisamos torcer para o Corinthians', garante Aidar

Presidente do São Paulo crê nas próprias forças da equipq

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

03 de abril de 2015 | 10h00

Depender do Corinthians para se classificar para a próxima fase da Libertadores não está nos planos do presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar. O dirigente disse nesta quinta-feira que confia no rendimento do time e aposta em duas vitórias nas próximas rodadas, contra o Danubio, e também diante do rival.

Durante o desembarque do elenco no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, Aidar demonstrou muita confiança no time e quando perguntado em quanto confia no São Paulo dentro de uma escala de zero a dez, foi incisivo: "11!". No grupo 2 o Tricolor está na segunda posição, com seis pontos, empatado com o San Lorenzo, de quem perdeu por 1 a 0 na última quarta-feira.

Nas duas próximas rodadas os dois adversários diretos enfrentam Danubio e Corinthians. A equipe argentina terá daqui duas semanas o desafio de encarar o time do técnico Tite, que tem 100% de aproveitamento. Uma vitória Alvinegra ajuda o São Paulo a se classificar. "Não precisamos torcer para o Corinthians. Vamos torcer pelo São Paulo. A gente só depende de nós mesmos", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.