Paulo Pinto/São Paulo FC
Paulo Pinto/São Paulo FC

'Não temos direito de ficarmos tristes', avalia Jardine após vice na Copinha

Técnico do São Paulo exaltou boa atuação na derrota para o Flamengo nesta quinta-feira

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

25 Janeiro 2018 | 13h42

O técnico do time sub-20 do São Paulo, André Jardine, disse que o grupo precisa se orgulhar da campanha que fez na Copa São Paulo de Futebol Junior. O time chegou invicto à final e, nesta quinta-feira, ficou com o vice-campeonato depois de perder por 1 a 0 do Flamengo.

São Paulo joga melhor, mas gol no início dá título da Copinha ao Flamengo

"Coragem não faltou. Entramos bem ofensivos no jogo, estivemos no controle no primeiro tempo e, no segundo, não tínhamos como abrirmos ou arriscarmos mais. Mas é do futebol. Tenho certeza que o torcedor se identificou com o que viu desses garotos", avaliou o comandante.

Campeão de sete títulos em sete finais disputadas com o São Paulo nos últimos três anos, Jardine disse que o elenco e o torcedor não têm o direito de ficar triste pela derrota para o Flamengo.

"Faltou o título desta vez, mas, nos três anos que estou aqui, esta é a primeira final que perdemos. Não temos o direito de ficarmos tristes ou baixarmos a cabeça. O trabalho é feito de vitórias e derrotas e, no nosso caso, tem sido mais vitórias."

Jardine já pensa na Libertadores Sub-20, que o São Paulo disputa a partir do dia 10 de fevereiro no Uruguai. Atual campeão, o clube tricolor representará o Brasil ao lado do Cruzeiro.

"Vamos descansar um pouco, mas daqui a alguns dias já focaremos na Libertadores, que é um torneio que o Brasil ainda não valoriza como deve, mas que é muito importante. Depois do que vi hoje e em toda a Copinha, não tenho dúvida que o São Paulo tem chance de ser campeão."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.