John Sibley/Reuters
John Sibley/Reuters

'Não temos nada a perder', diz Gattuso ao projetar virada do Milan sobre Arsenal

Equipe italiana perdeu por 2 a 0, em casa, duelo de ida pelas oitavas de final da Liga Europa

Estadão Conteúdo

14 Março 2018 | 17h26

O técnico do Milan, o ex-jogador Gattuso, sabe que o desafio do time italiano diante do Arsenal, nesta quinta-feira, às 17h05 (de Brasília), é dos mais complicados: precisa reverter o placar de 2 a 0 sofrido em casa, no jogo de ida. Por isso, foi sincero ao falar das chances de sua equipe no duelo válido pelas oitavas de final da Liga Europa.

+ Antes de Arsenal pegar o Milan, Wenger vê Liga Europa 'mais difícil do que nunca'

+ Juventus bate Atalanta, abre 4 pontos na liderança e dá passo para levar o hepta

"Não temos nada a perder aqui e estamos muito focados nesta partida. Para mim, foi mais difícil fazer a preparação para o jogo contra o Genoa do que para este", declarou o treinador, em entrevista coletiva no Emirates Stadium, casa do Arsenal.

Gattuso se referiu ao confronto do último fim de semana pelo Campeonato Italiano, o primeiro depois do frustrante tropeço em casa diante da equipe inglesa. O Milan acabou vencendo o Genoa por 1 a 0 e aliviou um pouco a pressão.

"Tentaremos nosso melhor, é nosso sonho e teremos de disputar uma partida perfeita. Sabemos que será difícil, mas isto é futebol e não há nada mais bonito do que derrubar previsões. Amanhã jogaremos uma partida diferente", completou o técnico.

Gattuso divulgou sua lista de relacionados sem Calabria e Abate, desfalques certos para o duelo em Londres. Como já não tem Conti à disposição, o técnico terá de improvisar alguém na lateral direita. O mais provável é que o zagueiro colombiano Zapata ganhe uma oportunidade. No ataque, André Silva, Kalinic e Cutrone devem brigar por duas posições.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.