'Não tinha de provar nada', avisa Luis Fabiano

SÃO PAULO - Luis Fabiano foi o grande nome do clássico deste domingo no Pacaembu. Com dois gols seus, o São Paulo venceu o Corinthians de virada, por 2 a 1, calando a torcida alvinegra, que era maioria no estádio municipal. Depois de ficar de fora de seis jogos por conta de um estiramento muscular na coxa, o atacante voltou em grande forma e aproveitou para responder os críticos.

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2012 | 18h53

"Não tinha nada que provar para ninguém. Tenho que vestir a camisa do São Paulo com determinação e dar o meu melhor em campo", disse Luis Fabiano, ao sair de campo no Pacaembu. Ele havia ficado de fora dos quatro clássicos anteriores contra o Corinthians desde sua volta ao Morumbi. Com os dois gols deste domingo, chegou a seis em suas duas passagens pelo clube, em igual número de jogos.

Por tudo isso, o desempenho diante do Corinthians foi comemorado pelo atacante. "Primeiro clássico sempre é especial. Fiz dois gols e ajudei o São Paulo a sair com a vitória. Isso faz parte do passado, mas espero que o presente seja parecido e eu consiga fazer mais gols para vencer novamente o clássico."

Luis Fabiano, porém, sabe que não venceu sozinho. Seus gols, por exemplo, nasceram de excelentes passes de Lucas e Jadson. "Hoje (domingo) todos foram bem, estão todos de parabéns. Consegui ajudar o meu time e isso não é recado para ninguém e sim vontade de vestir essa camisa maravilhosa", completou o atacante, aproveitando para rechaçar os boatos de que poderia estar se transferindo para o futebol do Catar.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.