Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

'Não vivo de esperanças, vivo de realidade', diz Autuori

Apesar da má fase da equipe e da atuação contra o Corinthians, treinador acredita em melhora do São Paulo

AE, Agência Estado

18 de julho de 2013 | 11h26

SÃO PAULO - O técnico Paulo Autuori preferiu analisar de forma realista a derrota do São Paulo para o Corinthians na final da Recopa Sul-Americana. Depois de reestrear no comando do time no revés por 3 a 2 diante do Vitória, no último domingo, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro, o treinador evitou ficar lamentando muito o placar adverso de 2 a 0, amargado no Pacaembu, na noite desta quarta-feira, e já começou a focar os próximos desafios que terá na equipe são-paulina.

"Não vivo de esperanças. Vivo de realidade. Claro que acredito que nosso momento tenha solução e isso será a minha responsabilidade. Não há muito tempo para treinamento e vamos focar o nosso trabalho na conversa", destacou o treinador, que admitiu também que o Corinthians foi superior nesta decisão.

"Posso dizer que eles foram melhores fisicamente do que nós. Temos que reconhecer a superioridade do adversário, porque nos faltou capacidade de jogar no campo deles. Agora, meu desafio como treinador será melhorar a equipe e fazer com que os jogadores já demonstrem alguma evolução nas próximas partidas", completou.

Com o São Paulo em plena crise e vindo de seis derrotas seguidas, Autuori tentará reerguer o time para o confronto deste sábado, contra o Cruzeiro, às 18h30, no Morumbi, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, no qual a equipe ocupa a 14.ª posição.

O São Paulo não vence uma partida desde o dia 29 de maio, quando goleou o Vasco por 5 a 1, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro, antes de acumular nove jogos consecutivos sem vitórias, sendo que foi derrotado em sete destes confrontos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCPaulo Autuori

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.