Não vou abandonar o barco, diz Ronaldo

O atacante Ronaldo desmentiu de forma categórica nesta quinta-feira os rumores segundo os quais estaria deixando Real Madrid e voltando para a Inter de Milão. ?Em nenhum momento passou pela minha cabeça sair daqui?, garantiu o brasileiro. ?É mentira que eu tenha falado com Sacchi (Arrigo Sacchi, diretor de futebol do Real, que deixou o clube nesta 5ª e voltou para a Itália) para ir embora?, acrescentou ele. ?Eu sou guerreiro e não tenho a intenção de abandonar o barco?, informou. Ronaldo chegou ao Real Madrid procedente da Inter em agosto de 2002, depois de uma série de desentendimentos com o técnico argentino Héctor Cúper. Em mais de uma oportunidade, o ?Fenômeno? lembrou que viveu grandes momentos no time italiano, mas garantiu que nunca chegou a falar com Luis Figo ou Adriano sobre sua intenção de voltar ao futebol italiano. ?Eu não quero me desculpar. É verdade que estamos jogando mal, mas quando os jornais publicam estas coisas, prejudicam a mim, ao time todo e a pressão só aumenta?, disse o artilheiro. Ronaldo - que ganhou apenas um título na Liga Espanhol, em 2003 - deu a entender que aceitou uma redução de salário para continuar no clube. E foi mais longe: disse que só deixa o Real se for dispensado. O Real Madrid encerrou sua participação no campeonato espanol na quarta-feira com uma derrota por 2 a 1 para o Racing Santander. Foi a sexta derrota do time na temporada e a quarta no Santiago Bernabeu. Com isso, o Real ocupa a quinta colocação no campeonato, com 11 pontos ganhos em 17 rodadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.