Tiziana Fabi/AFP
Tiziana Fabi/AFP

Napoli e Valencia vencem de novo e avançam às oitavas da Liga Europa

Italianos superam o Zurique por 2 a 0 e os espanhóis passam pelo Celtic por 1 a 0

Redação, Estadão Conteúdo

21 de fevereiro de 2019 | 17h19

Assim como aconteceu há uma semana, Napoli e Valencia não tiveram dificuldades em seus duelos nesta quinta-feira, pela rodada de volta da fase eliminatória da Liga Europa, venceram e conseguiram a classificação às oitavas de final da competição. Como mandantes, o time italiano passou pelo Zurique, da Suíça, por 2 a 0 e o espanhol bateu o Celtic, da Escócia, por 1 a 0.

Na Itália, o técnico Carlo Ancelotti escalou um Napoli mesclado de titulares com reservas, que foi dominante do início ao fim. Sem pressão por ter vencido na ida por 3 a 1, em Zurique, o time de Nápoles pode jogar da maneira que gosta, com bom toque de bola, e fez um gol em cada tempo. Verdi abriu o placar, aos 43 minutos da primeira etapa, e Ounas marcou o segundo, aos 30 da segunda.

Também dominante em campo, mas menos efetivo no ataque, o Valencia confirmou a vaga nas oitavas de final com o gol solitário do atacante Kevin Gameiro, aos 25 minutos do segundo tempo. Em Glasgow, na Escócia, na semana passada, já havia ganhado por 2 a 0 e nesta quinta-feira só teve o trabalho de conter qualuqer tentativa de reação do Celtic.

Os dois clubes conhecerão nesta sexta-feira, a partir das 9 horas (de Brasília), os seus adversários na próxima fase. Um sorteio será realizado pela Uefa em sua sede na cidade de Nyon, na Suíça. Nele estarão também o Villarreal e o Zenit St.Petersburg, que precisaram de um gol salvador no segundo tempo para conseguirem a vaga.

Na Espanha, o Villarreal jogava pelo empate contra o Sporting Lisboa após ter vencido por 1 a 0 na ida, em Portugal. Mas o time visitante abriu o placar com Bruno Fernandes, aos 46 minutos do primeiro tempo, e levava a decisão para uma prorrogação. Na segunda etapa, Pablo Fornals foi o herói espanhol com o gol marcado aos 35 minutos.

Emoção maior teve o torcedor do Zenit St.Petersburg no moderno estádio Krestovsky, palco de jogos da Copa do Mundo de 2018. O time russo havia perdido na ida para o Fenerbahçe por 1 a 0 e conseguiu abrir 2 a 0 - gols de Ozdoev e Azmoun. Mas permitiu a reação dos turcos ainda antes do intervalo com o tento de Topal e passou o segundo tempo correndo atrás do gol da classificação. E ele veio somente aos 31 minutos novamente com Azmoun.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.