Massimo Paolone/AP
Massimo Paolone/AP

Napoli faz 1 a 0 na Inter de Milão e abre vantagem na semifinal da Copa da Itália

Confronto da volta está marcado para o dia 5 de março, na cidade de Nápoles

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de fevereiro de 2020 | 19h34

O Napoli faz péssima campanha no Campeonato Italiano - está em 11.º, bem distante da zona de classificação às competições europeias -, mas parece outro time na Copa da Itália. Nesta quarta-feira, mesmo atuando no estádio Giuseppe Meazza, em Milão, mostrou um futebol eficiente para derrotar a Inter de Milão por 1 a 0 e sair na frente nas semifinais da competição.

Na Copa da Itália, a única fase com jogos de ida e volta é a semifinal. Assim, Napoli e Inter de Milão voltarão a se encontrar, desta vez no estádio San Paolo, em Nápoles, no dia 5 de março. O clube napolitano jogará com a vantagem do empate. Um novo 1 a 0, para os milaneses, levará o duelo para uma prorrogação e, se necessário, disputa por pênaltis. Qualquer outra vitória como visitante - como fez no Campeonato Italiano, há pouco mais de um mês, quando ganhou por 3 a 1 - dará a classificação à Inter de Milão.

A decisão da Copa da Itália será em partida única no dia 13 de maio, no estádio Olímpico, em Roma. A outra semifinal é entre Milan e Juventus, que duelam nesta quinta-feira, no estádio San Siro, em Milão, pela rodada de ida. A volta será em 4 de março, no Juventus Stadium, em Turim.

Em campo, as equipes utilizaram as suas formações titulares. Embalada pela boa campanha no Campeonato Italiano - está empatada na liderança com a Juventus -, a Inter de Milão teve mais iniciativa no ataque, mas pouco incomodava a meta defendida pelo goleiro colombiano David Ospina. Do outro lado, o Napoli se fechava mais e pouco fez no primeiro tempo.

Só na segunda etapa que o time de Nápoles adotou uma postura mais ofensiva e foi premiado com o gol aos 12 minutos. Fabian Ruiz recebeu na intermediária e avançou até a entrada da área, onde tabelou com Callejón e recebeu na meia-lua. O espanhol deu um corte para o meio e acertou um chute colocado no ângulo direito do goleiro Daniele Padelli.

Em desvantagem, a Inter de Milão buscou o ataque de todas as maneiras, mas foi parada pela defesa bem postada do Napoli e por boas intervenções de Ospina. Nem mesma a entrada do meia dinamarquês Eriksen, contratado recentemente junto ao Tottenham, deu resultado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.