Ciro De Luca/Reuters
Ciro De Luca/Reuters

Napoli goleia Frosinone e fatura título simbólico do 1º turno no Italiano

Equipe aproveita tropeço da Inter mais cedo para ganhar posição

Estadão Conteúdo

10 de janeiro de 2016 | 14h08

Se a Inter de Milão não foi capaz de vencer o Sassuolo em casa, perdendo por 1 a 0 após cometer um pênalti aos 49 minutos do segundo tempo, o Napoli não vacilou. A equipe do técnico Maurizio Sarri visitou o Frosinone neste domingo e não tomou conhecimento do rival, goleando por 5 a 1. Com o resultado, assumiu a liderança e, de quebra, ficou com o título simbólico do primeiro turno do Campeonato Italiano.

Ao vencer, o Napoli foi a 41 pontos, contra 39 de Inter de Milão, que abriu a rodada da liderança. Também a Fiorentina ficou para trás, com 38, porque no sábado levou 3 a 1 da Lazio em plena Florença. A Juventus, com 36, ainda joga na rodada, contra a Sampdoria, fora de casa, e também pode chegar aos 39.

O placar em Frosinone foi aberto por Albiol, num gol polêmico, uma vez que o goleiro Zappino ficou reclamando ter sido empurrado na área após a cobrança de escanteio. Higuaín, num pênalti mal marcado sobre ele, fez o segundo, ainda no primeiro tempo. Na volta do intervalo, Hamsik fez o terceiro. Ele pegou a bola no campo de defesa, avançou sem marcação e, antes de entrar na área, bateu no canto.

O quarto gol foi uma pintura de Higuaín. O argentino passou no meio de dois zagueiros, com mais um toque na bola tirou de um terceiro defensor e do goleiro, e empurrou para o gol. O quinto também foi muito bonito, marcado por Gabbiadini, que recebeu na meia-lua e colocou no ângulo, sem chance para o goleiro brasileiro Zappino, nascido em Pernambuco, mas formado na Itália.

OUTROS JOGOS

Também neste domingo, o Empoli foi a Turim e venceu o Torino por 1 a 0, gol de Maccarone. Com 30 pontos, a equipe passou o Milan e agora aparece em sétimo, logo atrás do Sassuolo.

O domingo, aliás, até aqui é inteiro dos visitantes na Itália. As seis equipes que jogaram foram de casa venceram. O Genoa fez 2 a 0 na Atalanta, o Chievo fez 1 a 0 no Bologna e o Palermo também ganhou do Verona pelo placar mínimo.

Na zona de rebaixamento, nada muda, com Verona (oito pontos), Carpi (14) e Frosinone (15). O Genoa subiu a 19, enquanto o Palermo foi a 21, ambos se afastando da degola. Com 22, o Bologna e o Torino também seguem na metade de baixo da tabela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.