Luca Zennaro/EFE/EPA/ANSA
Luca Zennaro/EFE/EPA/ANSA

Napoli goleia Sampdoria por 4 a 0, segue com 100% e retoma liderança do Italiano

Time comandado por Luciano Spaletti aplicou mais uma goleada fora de casa, com destaque para o centroavante Victor Osimhen, autor de dois tentos

Redação, Estadão Conteúdo

23 de setembro de 2021 | 16h13
Atualizado 23 de setembro de 2021 | 18h46

Em seu melhor início de temporada em cinco anos, o Napoli segue imbatível no Campeonato Italiano. Três dias depois de fazer 4 a 0 na Udinese, em Údine, o time comandado pelo técnico Luciano Spaletti aplicou nesta quinta-feira mais uma goleada fora de casa, desta vez em Gênova, no estádio Luigi Ferraris, anotando o mesmo placar contra a Sampdoria. Com cinco vitórias em cinco rodadas, mantém os 100% de aproveitamento e retoma a liderança isolada.

Com 15 pontos, o Napoli deixa para trás novamente os rivais de Milão - Internazionale e Milan -, que estão com 13 cada depois de vencerem Fiorentina (3 a 1, na terça-feira, em Florença) e Venezia (2 a 0, na quarta, em Milão), respectivamente. A Sampdoria, com cinco pontos, está na 13.ª colocação, muito perto da zona de rebaixamento.

Em campo, o Napoli impôs o seu jogo de posse de bola e rapidez na troca de passes. Logo aos 10 minutos, o centroavante Victor Osimhen abriu o placar ao completar lançamento de Insigne. Até conseguir ampliar para 2 a 0, aos 39, o Napoli contou com três grandes defesas do goleiro colombiano Ospina, que teve o seu trabalho recompensado com o belo gol do meia espanhol Fabian Ruiz, em um chute colocado da entrada da área.

Na segunda etapa, o Napoli manteve o seu estilo de jogo e não deu qualquer chance de reação à Sampdoria. Aos cinco minutos, Osimhen marcou o seu segundo gol ao aproveitar, na grande área, um cruzamento de Hirving Lozano. Em dia de garçom, o atacante mexicano fez mais uma assistência, desta vez para o tento do polonês Zielinski, aos 14.

EM TURIM

No Estádio Olímpico de Turim, a Lazio contou com um gol de pênalti de seu artilheiro, o centroavante Ciro Immobile, aos 47 minutos do segundo tempo para arrancar um empate por 1 a 1 contra o Torino. Pjaca havia aberto o placar para o time da casa, aos 31 da segunda etapa.

Com o resultado, a Lazio está na sétima posição com oito pontos. Tem um a mais que o Torino, que ocupa o 10.º lugar na tabela de classificação.

ROMA VENCE NO SUFOCO

A Roma se redimiu da surpreendente derrota para o Verona, na rodada passada do Campeonato Italiano, ao fazer 1 a 0 na Udinese, nesta quinta-feira, no Estádio, Olímpico. Em jogo duro, os comandados de José Mourinho findaram com série de gols dos rivais como visitante e vão empolgados para o clássico com a Lazio, no fim de semana.

Tammy Abraham anotou o gol solitário do jogo na capital italiana aos 35 minutos do primeiro tempo. A Udinese vinha de incrível sequência de 10 partidas marcando ao menos um gol fora de casa, o que sugeria trabalho ainda maior para a Roma. Mas, com ótima apresentação defensiva, o time soube segurar o ímpeto rival e somou sua quarta vitória em cinco rodadas. Ocupa o 4° lugar, com 12 pontos, atrás do líder Napoli (15) e dos rivais Inter e Milan (ambos com 13).

Curiosamente, a última vez que a Udinese não havia deixado sua marca como visitante ocorreu diante da Roma, também no Estádio Olímpico, no segundo turno do Campeonato Italiano passado, no qual levou 3 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.