Claudio Giovannini/ ANSA via AP
Claudio Giovannini/ ANSA via AP

Napoli leva susto, mas vence Empoli e retoma 2º lugar do Italiano

Time de Nápoles vacila e sofre para garantir a vitória por 3 a 2

Estadao Conteudo

19 de março de 2017 | 10h46

Tinha tudo para ser um passeio do Napoli sobre o combalido Empoli neste domingo. O time de Nápoles, mesmo jogando fora de casa, abriu 3 a 0 ainda no primeiro tempo, apesar de desperdiçar um pênalti, e controlava facilmente a partida. Mas vacilou no segundo tempo, levou dois gols e um susto e sofreu para garantir a vitória por 3 a 2.

Como prêmio pelo resultado, o Napoli chegou aos 63 pontos e retomou, ainda que provisoriamente, a vice-liderança do Campeonato Italiano. A Roma, com 62, recebe o Sassuolo neste domingo e pode recuperar a segunda colocação. Os dois times brigam pela posição, que garante vaga direta na fase de grupos da Liga dos Campeões, porque a Juventus parece inalcançável na liderança, com seus 70 pontos e um jogo pela frente neste domingo.

Jogando em Empoli, o Napoli parecia à vontade na casa do adversário. Tanto que só precisou de 37 minutos para abrir 3 a 0 no placar, mesmo depois de Mertens desperdiçar uma penalidade logo aos 7 minutos de jogo. Insigne compensou o vacilo do companheiro aos 18, ao finalizar de dentro da área após rebote do goleiro.

Cinco minutos depois, o próprio Mertens se redimiu ao acertar bela cobrança de falta: 2 a 0. Aos 37, Insigne não desperdiçou outro pênalti marcado pela arbitragem. A vantagem, tão tranquila, acabou deixando o Napoli displicente em campo.

E, no segundo tempo, o Empoli marcou duas vezes. Primeiro, com Kaddouri, em cobrança de falta, aos 24 minutos. E, depois, em mais uma penalidade na partida, convertida por Maccarone, aos 35.

Não foi o suficiente, contudo, para evitar a derrota diante do melhor ataque do Italiano. Com o revés, o Empoli ocupa o 17º lugar, na beira da zona do rebaixamento, com 22 pontos.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.