Napoli mantém campeonato indefinido

San Gennaro fez o milagre. O padroeiro de Nápoles esteve ao lado do time da cidade, no empate de 2 a 2 com a Roma, neste domingo à tarde, no Estádio San Paolo. Com o resultado, os romanos mantiveram a liderança, mas não puderam festejar por antecipação o terceiro título italiano de sua história. Já o Napoli, com 33 pontos, ainda tem pequena esperança de continuar na Primeira Divisão.A Roma preparou a festa e o Napoli lutava pela sobrevivência no clássico pela 33ª e penúltima rodada da temporada de 2000-2001.Por isso, não faltou tensão, dentro e fora do campo. Nas arquibancadas, as torcidas brigaram o tempo todo - e na saída os romanistas ainda depredaram a estação central de trem.No gramado, os jogadores napolitanos tentaram fazer sua parte. Quase conseguiram, pois aos 37 minutos Amoruso abriu o marcador. A alegria durou pouco e aos 42 Batistuta empatou. A euforia da Roma tornou-se maior aos 7 minutos da fase final, com o gol de Totti. O Napoli só voltou a acreditar na salvação aos 36, com Pecchia garantindo o empate em cobrança de falta.Para aumentar a angústia da Roma, agora com 72 pontos, a vice-líder Juventus bateu o Vicenza por 3 a 0, fora de casa. Os gols de Del Piero e Trezeguet (2) deixam o time de Turim com 70 e na briga pelo título. A Lazio foi a 69 pontos, ao fazer 3 a 0 na Fiorentina, em Florença, gols de Pierini (contra), Crespo e Negro. Os campeões do ano passado também têm chance.Napoli e Vicenza dividem o penúltimo lugar, com 33 pontos, um a menos do que Verona, Reggina e Lecce. Na Itália, caem os quatro piores. O Bari, com 20 pontos, está matematicamente rebaixado.A última rodada, toda no domingo à tarde, terá Roma x Parma, Juventus x Atalanta, Lecce x Lazio, Fiorentina x Napoli, Brescia x Bari, Reggina x Milan, Udinese x Vicenza, Verona x Perugia e Inter x Bologna.

Agencia Estado,

10 de junho de 2001 | 19h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.