Jennifer Lorenzini/Reuters
Jennifer Lorenzini/Reuters

Napoli perde do Empoli e Juventus pode ser octa na Itália neste final de semana

Equipe de Cristiano Ronaldo tem 18 pontos a mais que o Napoli e fará clássico com o Milan no sábado

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de abril de 2019 | 16h59

A Juventus terá neste final de semana a sua primeira chance de garantir matematicamente a conquista de seu oitavo título consecutivo do Campeonato Italiano, o que será inédito entre as cinco maiores ligas nacionais da Europa. A oportunidade apareceu depois da derrota do Napoli, o segundo colocado, para o Empoli por 2 a 1, fora de casa, nesta quarta-feira, pela 30.ª rodada, aliada à vitória da equipe de Turim no dia anterior sobre o Cagliari por 2 a 0, também como visitante.

Com 81 pontos na tabela de classificação, a Juventus tem agora 18 a mais que o Napoli. Neste final de semana, pela 31.ª rodada, o time de Turim fará o clássico contra o Milan no sábado, em casa, e o rival napolitano receberá o Genoa no domingo. Para ser campeã, a equipe alvinegra tem obrigatoriamente que vencer e a de Nápoles ser derrotada. Assim, abriria 21 pontos de vantagem e, com sete jogos restando, já levantaria a taça, a 35.ª de sua história, por ter se dado melhor no confronto direto, que é o primeiro critério de desempate.

Vindo de uma goleada sobre a Roma por 4 a 1, fora de casa, o Napoli entrou em campo nesta quarta-feira com uma escalação mista de titulares e reservas já pensando nos confrontos contra o Arsenal, da Inglaterra, nas duas próximas semanas pelas quartas de final da Liga Europa. Dessa maneira, sentiu a falta de entrosamento de alguns atletas e sofreu com a pressão exercida pelo Empoli, que precisava da vitória para deixar a zona de rebaixamento.

O jogo começou em ritmo lento em Empoli, com poucas oportunidades de gol nos primeiros minutos. O time da casa mostrou mais vontade em atacar e abriu o placar aos 28 minutos com o atacante brasileiro Diego Farias. O jogador recebeu pela esquerda, trouxe para dentro e, de fora da área, finalizou forte. A bola desviou em Zielinski e matou o goleiro Meret.

Do gol até pouco antes do intervalo, o Napoli resolveu atacar e foi premiado com o belo gol de fora da área de Zielinski. Só que na segunda etapa o time visitante "sumiu" em campo e viu o Empoli voltar à frente no placar aos oito minutos com Giovanni Di Lorenzo, que subiu sozinho na área, depois de um escanteio pela esquerda, para escorar de cabeça no meio do gol.

A vitória levou o Empoli aos 28 pontos, agora na 17.ª colocação, deixando o Bologna dentro da zona de rebaixamento, em 18.º, com um ponto a menos. O time de Bolonha entra em campo nesta quinta-feira para enfrentar a Atalanta, em Bérgamo.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.