Narciso volta ao hospital de Clínicas

O jogador Narciso retomou hoje seu tratamento médico no Hospital de Clínicas, em Curitiba. Ele passou por um transplante de medula óssea no ano passado, estava com a família em Neólopis (SE), desde o final do ano, mas teve febre e sentiu dores de cabeça. O procurador do atleta, Luiz Alberto Araújo, o Luizão, comentou no final da tarde de hoje que Narciso estava tranqüilo. "A febre passou e agora temos que aguardar o resultados dos exames para saber a origem da dor de cabeça", comentou. Também Luizão estava tranqüilo. Ele havia conversado com Narciso à tarde e comentou que "parece que não foi tão sério". Segundo o procurador, os médicos acreditam que o problema foi provocado por um vírus chamado AES, que age principalmente em transplantados e provoca dor. "Não se trata de rejeição", disse ele. A medicação que o atleta tomou é forte, contou Luizão, "o que o deixou abatido". O problema, desta vez, não derrubou Narciso. "Ele já está calejado e sabe que é uma batalha muito grande". E concluiu: "o Narciso vai vencer mais esta batalha".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.