Nas Eliminatórias da Euro, Portugal de Felipão pega Bélgica

A rodada dupla de classificação para a Eurocopa 2008, que começa neste fim de semana, será decisiva para o técnico pentacampeão Luís Felipe Scolari. O treinador, que dirige a seleção portuguesa, não pode perder os jogos, sob risco de ver os principais adversários dispararem na classificação.Se os portugueses perderem, o lugar de Felipão pode estar em risco, uma vez que ele mesmo disse que não ficaria na seleção caso não conseguisse a qualificação para a fase final da Euro.São duas partidas: contra a Bélgica, neste sábado (transmissão da ESPN Brasil, a partir das 17h55), em Lisboa, e contra a Sérvia, em Belgrado, na próxima quarta. Com quatro jogos, a seleção de Portugal está em quarto lugar no grupo, com sete pontos, atrás da surpreendente Finlândia - 11 pontos em cinco partidas - Sérvia e Polônia, ambos com 10.Junto com Portugal está a Bélgica, com o mesmo número de pontos. As outras seleções do grupo são o Casaquistão, que tem dois pontos, e Azerbaijão e Armênia, ambos com apenas um.No total serão 14 partidas, mas apenas dois por grupo se classificam para o campeonato, que será jogado na Áustria e na Suíça. Felipão já avaliou a situação: ?Não temos mais margem para perder pontos. Temos de ganhar os dois jogos?.Sem DecoScolari não explicou porque deixou de convocar o volante Costinha e o meia Maniche, que faziam parte do grupo em quem ele tinha mais confiança - Costinha foi para a Copa da Alemanha mesmo tendo passado meses sem jogar. Os comentários são de que teriam saído à noite antes do jogo contra a Polônia. Além disso, ele não vai poder contar com um dos jogadores mais importantes do time: o meia Deco, do Barcelona, que foi operado na mão esta semana e fica 15 dias sem jogar. Vice presidente da federação portuguesa, Paulo Dinis Delgado Chaves considera que mesmo se Portugal perder as duas partidas o cargo de Felipão não estará em risco: ?Ainda vai haver oito jogos e seleções como a Finlândia e a Polônia não têm qualidade para ganhar todas os confrontos que têm no grupo. O trabalho que Scolari tem feito é globalmente positivo e merece a nossa confiança.?Felipão já afirmou que depois da Eurocopa de 2008 deixa o comando da seleção portuguesa.Quebrar a pernaO jogo contra a Bélgica começa com uma polêmica. Isso por causa de uma entrevista do goleiro da seleção belga, Stijn Stijnen, ao jornal Gazeta de Antuérpia, publicada no sábado, em que teria dito que o jogador mais habilidoso da seleção portuguesa, Cristiano Ronaldo, do Manchester United, não ficaria mais que dois minutos em campo.O goleiro teria tentado amenizar a declaração no dia seguinte, dizendo que apenas afirmou que os belgas deveriam marcar com firmeza os jogadores portugueses, que tem mais habilidade do que os belgas. No entanto, a Federação Portuguesa de Futebol fez uma reclamação à Uefa, que deve abrir um inquérito a respeito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.