Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Nathan avalia empate e afirma que adversários já conhecem o estilo do Atlético-MG

Jogando em casa, equipe de Jorge Sampaoli não conseguiu marcar gols diante do Sport e pode se complicar na briga pela liderança

Redação, Estadão Conteúdo

24 de outubro de 2020 | 23h44

Jogando em casa, no Mineirão, o Atlético-MG pressionou durante os 90 minutos, mas não conseguiu sair do empate sem gols com o Sport, na noite deste sábado, pela 18.ª rodada do Brasileirão. Com isso, o time mineiro chega a três jogos sem vitórias e vê seus adversários diretos pela liderança abrirem vantagem. O clube mineiro tem 32 pontos, dois atrás de Internacional e Flamengo que vão se enfrentar neste domingo no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Para o meia Nathan, os times estão estudando o estilo de jogo do Atlético-MG, que vinha sendo referência neste começo de Brasileirão, o que dificulta o time alvinegro a se impor. O meio-campista também destacou a necessidade de manter o foco para voltar a vencer. "Com toda certeza, tem várias jogadas que treinamos durante a semana, que já estão manjadas pelos adversários. Agora, precisamos trabalhar mais a bola, girar a bola mais rápido e procurar infiltrações. Se deus quiser no próximo jogo a vitória vai vir", assegurou.

Nathan falou sobre a igualdade e na visão dele, falou capricho no ataque. "Faltou caprichar na finalização, nosso time correu, se dedicou e buscou o jogo até o último minuto. Como eu falei no jogo passado, os times estão vindo mais recuados contra a gente e isso acaba amarrando o jogo, mesmo assim a gente tenta criar. E conseguimos interromper os contra-ataques que pecamos contra o Bahia. Mas é continuar se dedicando, afinal tem muito campeonato pela frente".

Estacionado na terceira colocação, agora com 32 pontos, o Atlético-MG volta a campo no dia 2, quando visitará o Palmeiras, em São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.